Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


23/11/2012 às 19:23 - Felipão destaca importância dos estudos a jovens do Segundo Tempo em Corumbá (MS)  

Durante palestra ministrada para alunos, pais e professores que integram o Programa Segundo Tempo/Forças no Esporte, nas cidades de Corumbá e Ladário, no  Mato Grosso do Sul, região de fronteira do Brasil com a Bolívia, o técnico pentacampeão mundial de futebol, Luiz Felipe Scolari, fez um alerta aos jovens sobre a importância da educação. “O estudo é fundamental para o crescimento do indivíduo e, para ter oportunidades na vida, é necessário que todos estudem”, ensinou.

O programa de inclusão social do Ministério do Esporte, em parceria com o Ministério da Defesa, atende a cerca de 250 estudantes nas duas cidades. Uma unidade funciona no Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário, sob o comando do capitão de fragata Antônio Ricardo Zany. O outro núcleo fica no 17º Batalhão de Fronteira em Corumbá, comandado pelo coronel do Exercito Roberto Andrade de Jesus Ferreira.

Os estudantes contemplados são atendidos no período oposto ao do ensino regular, quando são oferecidas aulas de futebol, vôlei, basquete, atletismo e natação. Os jovens também contam com atividades culturais, aulas de informática e alimentação.

A palestra de Felipão foi prestigiada pelo secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), Afonso Barbosa, e pelos prefeitos Ruiter Cunha de Oliveira (Corumbá) e José Antônio Assad e Faria (Ladário). O evento aconteceu no fim da tarde de quinta-feira (22.11), no auditório da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, em Corumbá.

Antes da palestra, o secretário Barbosa explicou, em entrevista coletiva, a essência do projeto. “O objetivo primordial não é caçar  talentos esportivos pelo país, mas dar oportunidade para desenvolver a saúde, a educação, a disciplina e a cidadania plena dos jovens que integram as atividades”, disse. “O  Segundo Tempo é uma estratégia nacional que busca levar desenvolvimento e inclusão, por meio da cultura e do esporte, diretamente nas cidades, a partir do trabalho dos professores de educação física.”

Professor
Felipão também destacou que o Programa Segundo Tempo busca disseminar entre os jovens o conceito de que a saúde está em primeiro lugar. “O talento, quem tiver, vai mostrar e depois será aprimorado em outra etapa",  esclareceu.

"Falo um pouco mais da vivência com crianças, jovens e professores de educação física. Também fui professor, e isso é muito importante. O esporte é garantia de um futuro muito melhor. O Segundo Tempo vem fazendo isso com brilhantismo", disse Felipão, reforçando que vem atuando como palestrante na condição de professor de educação física, e não de técnico de futebol.

A parceria dos ministérios do Esporte e da Defesa contempla 15 mil alunos em 150 núcleos implantados em quartéis da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, distribuídos em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. O objetivo é fornecer condições para os estudantes superarem a exclusão social, utilizando o esporte como ferramenta.

Carla Belizária
Foto: Mariana Conrte (Ascom-6º DN)
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: