Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


08/10/2012 às 16:11 - Programa Segundo Tempo de São Miguel do Iguaçu promove educação ambiental  

Na fronteira tríplice, que abrange Brasil, Argentina e Paraguai, o Programa Segundo Tempo (PST) na cidade de São Miguel do Iguaçu, Paraná, dá exemplo de cidadania e respeito ao ecossistema. Cerca de 60 estudantes com idades entre 7 e 17 anos participaram de uma ação educativa de preservação ambiental, promovendo o reflorestamento de um trecho de 7 mil metros quadrados. O local, às margens do Lago de Itaipu, na região do Terminal Turístico Ipiranga, é um dos cartões-postais do município, que foi revitalizado pelos alunos com o plantio de aproximadamente 1,2 mil mudas de árvores nativas da região.

Ipê roxo, canafístula, sapuva, sangra d`água, pata de vaca, aroeira e pitanga são exemplos das mudas plantadas. A ação aconteceu no dia 27 de setembro, quando se comemora o Dia Mundial do Turismo. Enquanto os alunos do Segundo Tempo plantavam as mudas, representantes de entidades parceiras, como a  Associação de Pescadores Colônia Z11,  técnicos da Itaipu Binacional, funcionários do Departamento Municipal de Turismo, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e comunidade em geral fizeram um grande mutirão de limpeza.

O batalhão contou ainda com o reforço de cinco barcos e dois veículos do tipo caçamba e caminhão, responsáveis pela coleta e transporte do lixo. Após o plantio, as crianças e adolescentes deslocaram-se para este local a fim de observar a quantidade de lixo recolhida pelo grupo de trabalho. A pequena Vitória Carrer Boff, 8 anos, não imaginou que no fundo do lago estaria depositado tanto lixo: “Olha, tem até bicicleta tirada do fundo de lá”, comentou surpresa.

Já a adolescente Daniela Back dos Santos, 12 anos, disse estar satisfeita por ter colaborado com a preservação do meio ambiente. “Essa é uma atividade legal e muito importante porque, além de limpa, asseguramos um melhor equilíbrio ambiental, pois quando adultas as árvores vão assegurar o oxigênio que respiramos”, revelou. Ao fim das atividades foi servido um delicioso lanche, à sombra das arvores, no balneário.

Em Miguel do Iguaçu, o PST tem parceria com a prefeitura e é desenvolvido pela Secretaria de Ação Social. Quatrocentos estudantes são beneficiados e distribuídos em quatro núcleos de atendimento implantados em ginásios no centro e nos bairros Sagrado Coração de Jesus, Santa Catarina e Floresta. Eles têm, no período oposto ao da escola, a prática das modalidades de futsal, handebol e vôlei. A ginástica olímpica deve ser implantada em breve.

Artesanato reciclado
A equipe de profissionais do Segundo Tempo conta ainda com a atuação da professora Tatiana da Silva, que trabalha diretamente na educação ambiental, ensinando aos alunos como preservar o meio e reaproveitar materiais reutilizáveis. “Pegamos o material reciclável como garrafas pet, latas de refrigerantes, papelão e caixas de madeiras e as transformamos em objetos de decoração, estantes, sofás, raquetes e casinhas coloridas para cães e gatos”, conta a professora, que também ensinou como fazer uma coleta seletiva.


Carla Belizária
Foto: divulgação
Ascom – Ministério do Esporte

Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: