Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


21/12/2011 às 12:22 - Cidade gaúcha dá prosseguimento ao Programa Segundo Tempo com recursos próprios  

Mesmo com o convênio encerrado no primeiro trimestre de 2011, a prefeitura da cidade de Tapejara, no Rio Grande do Sul, resolveu dar continuidade, com recursos próprios, ao Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte. O projeto de inclusão social atende a 350 crianças e adolescentes com idades entre 7 e 14 anos, distribuídos em quatro núcleos instalados no ginásio de esporte e em centros culturais. “Encerramos no último sábado (17.12) as atividades de 2011. Nossa expectativa é que o programa volte a funcionar no início do ano letivo de 2012”, declarou o prefeito Seger Luiz Menegaz.

Conforme a secretária de Educação, Elizabeth Favreto, os resultados positivos do Segundo Tempo fizeram com que o programa fosse transformado na “menina dos olhos” do município. Segundo ela, os jovens beneficiados estão superando a situação de vulnerabilidade social com a ocupação do tempo. “Oferecemos as modalidades de futsal e vôlei, a inclusão digital nas oficinas de informática e o reforço escolar na oficina pedagógica, além do artesanato e das danças tradicionalistas”, informa Elizabeth.

Relatos como os da juíza de Direito da Comarca local, Lílian Raquel Pianezola, em recente palestra na cidade, confirmam a transformação social que o programa trouxe: “As crianças estavam ociosas na rua, sem nenhuma ocupação. Hoje, com a continuidade do Segundo Tempo,  a realidade vivenciada por eles é totalmente oposta e positiva”.

Bailes regionais
“Meu sonho era participar de uma invernada gaúcha”, disse a estudante Ana Paula, 9 anos. Presente à festa de encerramento do ano, no ultimo sábado, a menina se referia à oportunidade de dançar e usar pela primeira vez um lindo vestido longo, numa atividade idêntica aos dos bailes regionais gaúchos nos clubes tradicionais.

A apresentação de dança foi uma das atrações da festa no ginásio de esportes, que reuniu os jovens beneficiados e familiares. Houve ainda um torneio de futsal e distribuição de cachorro-quente, sucos e presentes, com a presença do Papai Noel.

O prefeito Menegaz revelou que, desde o início da parceria com o Ministério do Esporte, notou o comprometimento dos jovens contemplados com a escola: “A oportunidade que eles tiveram de não mais estar excluídos socialmente e de serem submetidos a uma transformação social é o principal retorno que se pode ter”.

Carla Belizária
Foto: Cristian Posser/Divulgação
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: