Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


02/09/2011 às 14:20 - Segundo Tempo dobra número de beneficiados graças a parceria com Mais Educação  

O Programa Segundo Tempo teve seu número de beneficiados duplicado, no último mês de agosto. Parceria oficializada pelos ministérios do Esporte e da Educação garante que o programa chegue, a partir de agora, a mais de 2,2 milhões de crianças e adolescentes, alunos de 5009 escolas públicas da educação básica em 792 municípios de todas as unidades da federação. A carta conjunta que estabeleceu a parceria foi assinada pelos secretários nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Wadson Ribeiro, do Ministério do Esporte, e de Educação Básica, Maria do Pilar Lacerda Almeida e Silva, do Ministério da Educação.



“Queremos aproveitar esse bom momento que o esporte vive no Brasil, com a realização da Copa do Mundo em 2014, das Olimpíadas em 2016, para fazer com que esses grandes eventos esportivos possam significar um salto também no esporte educacional. Pela primeira vez nós queremos dar escala e número aos beneficiados do programa Segundo Tempo”, afirma o secretário Wadson Ribeiro. “Além de dar uma grande escala, isso significa também concentrar o programa dentro da escola, que é um objetivo que nós buscamos para desenvolver de fato o esporte educacional”.



Desde sua criação, em 2003, o Segundo Tempo já beneficiou aproximadamente quatro milhões de crianças e adolescentes, por meio de convênios com prefeituras, estados e organizações não-governamentais. O objetivo do programa é democratizar o acesso ao esporte, contribuindo para a criação de uma cultura esportiva no Brasil e para a inclusão social. Em 2011, até agosto, atendia mais de 1,1 milhão de pessoas.



Universalização
Iniciada em 2009, a parceria das pastas do Esporte e da Educação tem como meta a universalização da prática esportiva para os alunos da educação básica das redes municipal e estadual. O objetivo é estabelecer as condições mínimas para viabilizar a oferta do esporte na escola, de forma integrada ao seu projeto pedagógico, na perspectiva da educação em tempo integral.



Desta forma, o Segundo Tempo agora se insere em todas as escolas do Mais Educação, coordenado pelo MEC, com o objetivo de ampliar tempos e espaços educativos dos estudantes por meio da integração de atividades em diversas áreas do conhecimento. Para o Ministério do Esporte, esse é um passo significativo para a implantação de uma política esportiva nas escolas brasileiras.



A educação brasileira se enriquece, pois a manutenção dos alunos no espaço escolar amplia suas chances de enriquecimento acadêmico, além de evitar que esses sejam atraídos pelas mazelas e perigos das ruas.



Redução de custos
Outras vantagens da parceria é que, como os alunos já recebem a merenda escolar fornecida pelo Ministério da Educação, o reforço alimentar do Segundo Tempo tornou-se desnecessário, possibilitando-se, assim, a redução dos custos e consequente ampliação do número de beneficiados. Já as escolas, por sua vez, não precisarão dispor de infra-estrutura esportiva, uma vez que o Segundo Tempo funciona por meio do aproveitamento de espaços alternativos, ou de parcerias locais.



Para viabilizar a parceria, o Ministério da Educação repassa às escolas os recursos para a complementação da merenda escolar e para a disponibilização de monitores esportivos. A pasta do Esporte doa materiais esportivos e uniformes, além de disponibilizar material de apoio pedagógico, capacitação para os profissionais envolvidos e acompanhamento pedagógico, realizado por professores de educação física e de esportes das universidades públicas que integram a rede do Segundo Tempo.



Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: