Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


16/07/2011 às 20:18 - Chefes de delegações dos 5º Jogos Mundiais Militares conhecem Segundo Tempo  

O legado social do Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, foi apresentado na manhã deste sábado (16.07), no Rio de Janeiro, para 110 chefes das delegações dos países que participam dos 5º Jogos Mundiais Militares, os Jogos da Paz, no Rio de Janeiro. A apresentação foi realizada durante o Congresso Técnico da competição pelo secretário nacional de Esporte Educacional, Wadson Ribeiro, que foi enfático ao afirmar que o esporte é uma excelente ferramenta de transformação, capaz de promover a melhoria da qualidade de vida da juventude brasileira.

O secretário apresentou um vídeo informativo sobre a rotina dos estudantes nos núcleos de atendimento do Segundo Tempo e destacou a importância da parceria com o Ministério da Defesa para o sucesso do programa: “A atuação de Marinha, Exército e Aeronáutica tem sido fundamental no resgate da cidadania de nossas crianças e soma forças com o Ministério do Esporte, assegurando a esperança de um futuro melhor”.

Megaeventos esportivos
“A partir dos Jogos Pan-Americanos de 2007, somos sede de megaeventos esportivos. E o principal legado que os Jogos Mundiais Militares de 2011, a Copa das Confederações, em 2013, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2016 trazem como benefício aos jovens é a possibilidade de eles terem a inclusão social num momento em que se constrói a solidariedade e a paz, valores inerentes ao esporte”, continuou o secretário.

Durante o evento os chefes de delegação receberam um kit com material esportivo produzido pelos programas Pintando a Liberdade e Pintando a Cidadania, além de um livro sobre o programa Segundo Tempo.

Formação da cidadania
O Segundo Tempo é um programa do Ministério do Esporte destinado a democratizar o acesso à prática e à cultura do esporte para promover o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes. Trabalha-se a formação da cidadania e a melhoria da qualidade de vida, prioritariamente em áreas de risco social.

Desde sua criação, em 2003, atendeu a 4 milhões de estudantes em 22 mil núcleos de esporte educacional, numa ação concentrada de mais de 20 mil coordenadores, em áreas de vulnerabilidade social. Mais de 48 mil estágios foram oferecidos para estudantes de educação física, pedagogia e esporte.

Carla Belizária
Foto: Francisco Medeiros
Ascom – Ministério do Esporte


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: