Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


04/04/2011 às 09:55 - Estudantes do Segundo Tempo participarão da abertura dos Jogos Mundiais Militares 2011  

Mil e trezentas crianças do Programa Segundo Tempo, parceria dos Ministérios do Esporte e Defesa, darão um brilho especial à solenidade de abertura dos Jogos Mundiais Militares, que ocorrerá na segunda quinzena de julho, no Rio de Janeiro. O treinamento do grupo - a maioria moradores do complexo das favelas da Maré, Ramos, Duque de Caxias, Marechal Hermes, Bananal e Bancários, e da periferia de Nova Iguaçu - será realizado a partir de maio.

Duas vezes por semana as crianças serão levadas em ônibus das Forças Armadas para o Colégio Militar ou o Estádio do Engenhão, onde aprenderão a arte de dar boas-vindas aos participantes dos Jogos da Paz, por meio de uma coreografia que mistura letras e palavras. Durante os jogos, entre os dias 16 e 24 de julho, no Rio de Janeiro – crianças e adolescentes também acompanharão as equipes no início das competições. No total, serão disputadas 21 modalidades esportivas entre os 5,1 mil atletas de 110 países. O Brasil será representado por 321 atletas militares.

Para o secretário Nacional de Desenvolvimento do Esporte Educacional, Wadson Nathanael Ribeiro, trata-se de uma excelente oportunidade de estímulo e aprendizado para os estudantes. “Uma chance para que os jovens tenham contato com outras culturas e línguas. A atividade servirá de incentivo para muitos tornarem-se atletas do alto rendimento”, disse.

Os alunos participantes da quinta edição dos Jogos Mundiais são atendidos em sete unidades das Forças Armadas onde são desenvolvidas as atividades do programa Segundo Tempo. Recebem reforço escolar, alimentação e praticam esportes no período oposto ao ensino regular da rede pública.

No Rio de Janeiro, as unidades funcionam no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan); Centro de Instrução Almirante Milsíades Portela (Ciampa); Centro de Preparação de Oficiais do Exército em Ramos (CTOR), Grupamento dos Fuzileiros Navais do Rio, Comissão de Desporto da Aeronáutica (CDA) e Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo.

Foto: Francisco Medeiros
Carla Belizária
Ascom – Ministério do Esporte



  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: