Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


23/02/2011 às 17:50 - Nota de esclarecimento ao Jornal “O Estado de S. Paulo”  

Fiscalização de empresas é atribuição do Tribunal de Constas da União (TCU) e da Controladoria Geral da União (CGU). Não é atribuição legal do Ministério do Esporte investigar a idoneidade das empresas contratadas por seus parceiros na execução dos convênios, como faz crer o jornal O Estado de S.Paulo, em sua edição de 23 de fevereiro.

Cabe apenas ao Instituto Contato responder pela contratação da JJ Logística Empresarial Ltda – realizada por pregão eletrônico da Caixa Econômica Federal – para o fornecimento de lanches aos núcleos do Programa Segundo Tempo de Santa Catarina. O jornal alega que a JJ é uma empresa “fantasma” e que teria como sede “um galpão abandonado há mais de quatro anos”, no município de Tanguá (RJ).


Ascom - Ministério do Esporte


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: