Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


09/12/2009 às 16:54 - Rede Cidadã garante esporte e lazer em atividade de assistência social comunitária  

O último sábado foi um dia de muita diversão para cerca de 100 estudantes do Programa Segundo Tempo e de utilidade pública gratuita para inúmeros adultos e idosos moradores do bairro Guanandi, na periferia de Campo Grande (MS). De um lado, a população carente tirava documentos de identificação, participava de consultas médicas - nas áreas de clínica geral, oftalmologia e ginecologia - ou se cadastrava para doação de medula óssea. De outro, crianças e adolescentes se divertiam no projeto Rede Cidadã. com muito esporte e recreação.

Não faltaram competições de vôlei, de tênis de mesa e de futebol. A cama elástica foi um dos brinquedos mais disputados. Já a brinquedoteca instalada dentro de um ônibus foi o point dos visitantes adeptos do xadrez, da dama, do dominó e do banco imobiliário, entre outros jogos.

O estudante da Escola Municipal Marina Couto Cortes, Júnior Palácio Nascimento, 10, participou da Rede Cidadã. Filho de pai pedreiro e de mãe funcionária de creche, o garoto conta que adorou as atividades, principalmente o tênis de mesa e o futebol. “Adoro jogar ping-pong. Quando crescer quero ser mesatenista e, quem sabe, um atleta de renome internacional”, sonha.

O núcleo de atendimento no bairro Guanandi é um das 50 unidades do Segundo Tempo em parceria com a Fundação Municipal de Esporte (Funesp). O convênio atende a 5 mil estudantes em 20 polos, monitorados 53 professores e 75 acadêmicos de Educação Física.

Programa de inclusão social do Ministério do Esporte, o Segundo Tempo oferece aos estudantes da rede pública dos ensinos médio e fundamental que vivem em área de risco social, o reforço escolar, a alimentação e a prática esportiva. As atividades acontecem no período oposto ao ensino regular e os beneficiados recebem do Ministério do Esporte, o uniforme e o material esportivo.

Já a Rede Cidadã é organizada pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras). A ação social percorre todos os bairros campo-grandenses, oferecendo diversos serviços gratuitos às populações carentes.

Carla Belizária
Ascom – Ministério do Esporte


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: