Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


09/03/2009 às 13:00 - Estudantes do Segundo Tempo encantam-se com apresentação de orquestra no Teatro Nacional  

Quando o assunto é combater a exclusão de jovens carentes, o Segundo Tempo entra em cena transformando o esporte numa ferramenta de oportunidades inesquecíveis. A mais recente ação foi assistir ao espetáculo musical “Amigos do Santoro”, no Teatro Nacional de Brasília, numa noite de festa dos 30 anos da criação da Orquestra Sinfônica de Brasília. “Foi linda a apresentação da orquestra, teve piano, saxofone, violino, canto lírico e aquele instrumentos que os anjos tocam, a harpa”, encantou-se Luana Lamara, 8 anos.

Luana é uma das 70 crianças moradoras do Céu Azul, bairro de Valparaízo (GO), que prestigiaram o evento. A maioria dos estudantes contemplados é filho de pais trabalhadores informais cuja renda familiar é inferior ao salário mínimo. Outros são filhos de pais e mães que recebem por produção trabalhando na confecção de material esportivo, na fábrica do Pintando a Cidadania, outra ação do Ministério do Esporte.

Déreck Lacerda, 15, também assistiu ao concerto. Assim como Luana ele é beneficiado no núcleo Sol de Verão, da parceria entre o Ministério do Esporte e o Instituto Pró Ação. “A última apresentação com os instrumentos de corda, os violinos, violoncelos, violas e contrabaixos. Agradeço ao Ministério do Esporte e ao Pro Ação (entidade parceira a oportunidade que tive”, disse.

Outro estudante que ficou fascinado com o espetáculo, foi Junior. “Sou um evangélico apaixonado por música. Peguei até folheto que informa onde assistir apresentações musicais e onde comprar instrumentos”, informa o menino, encantado com a sala Martins Penna que foi palco do "Amigos do Santoro”.

O evento reuniu uma orquestra com 15 músicos para interpretar as obras do compositor e maestro Claudio Santoro, um dos principais pioneiros em iniciativas ligadas à cultura no Distrito Federal. Ele morreu aos 69 anos, em 1989, em pleno ensaio de orquestra no Teatro Nacional.

Santoro foi músico completo, que deixou obra variada e abundante, respeitada e interpretada com freqüência no Brasil e no Exterior. Autor de 14 sinfonias, foi indubitavelmente o nosso melhor sinfonista e exímio orquestrador. Sua prolongada experiência na Europa Oriental, onde regeu as melhores orquestras, e nos dois lados da Alemanha, como compositor, regente e professor, deu-lhe notável autoridade nacional e internacional.

Segundo Tempo
Programa de inclusão social do Ministério do Esporte que atende estudantes carentes em área de risco social. No período oposto ao que estudam, as crianças e os adolescentes praticam esportes, recebem o reforço escolar e alimentar.

Nesta parceria os estudantes praticam natação, futebol, capoeira, vôlei. Contam, ainda, com aulas de dança e de teatro como atividades extracurriculares.


Carla Belizária
Ascom – Ministério do Esporte




  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: