Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


16/10/2008 às 11:20 - Equipe do Segundo Tempo conquista 151 medalhas em campeonatos internacionais de Taekwondo  

Nos núcleos do Segundo Tempo em Bom Jesus da Lapa, na Bahia, o esporte que mais chama a atenção das crianças é o Taekwondo. A luta já virou tradição. Tanto que um grupo de 40 crianças dos núcleos participou, em São Paulo, do Campeonato Brazil Open Mundial de Duplas e o Intercontinental de Taekwondo. A equipe voltou das competições com 28 medalhas de ouro, 27 de prata e 33 bronze no Intercontinental e 29 de ouro, 22 de prata e 12 de bronze no Mundial de Duplas.

Em Bom Jesus da Lapa, o convênio do Segundo Tempo é uma parceria do Ministério do Esporte com a prefeitura municipal, com o apoio do governo estadual e atende 2 mil crianças de 7 a 17 anos em 10 núcleos.

O coordenador-geral do convênio do Segundo Tempo na cidade baiana, Valdemir Teixeira de Araújo, salienta que, além da inclusão social, as atividades esportivas proporcionam uma nova realidade para as crianças. “Muitos não têm condições de saírem das suas cidades, e graças ao esporte, como aconteceu nos campeonatos em São Paulo, eles puderam conhecer e trocar experiências com crianças de outros estados brasileiros e até do mundo”.

Para Cláudio Matheus Leite Costa, 12, faixa vermelha no Taekwondo, que conquistou seis medalhas, três de ouro e três de bronze, nos Campeonatos, diz que tudo o que ele sabe sobre o esporte ele aprendeu no Segundo Tempo. “Desde que eu entrei no Segundo Tempo eu prático o Taekwondo. Tenho treinos três vezes por semana. Eu não falto nenhum dia”.

O irmão de Cláudio, Set Hudson Leite Costa, 15, tem paralisia cerebral e é também faixa vermelha. Ele conquistou sete medalhas nos campeonatos, seis de ouro e um de bronze. O jovem diz que adorou conhecer São Paulo e se integrar com atletas de outras culturas. “O que mais gostei foi o passeio, conhecer outro lugar e outras pessoas. Conhecer crianças de outros países e estados diferentes”.

Apesar do Taekwondo ser o carro-chefe do convênio, as crianças também têm a oportunidade de praticar outras modalidades esportivas, como: futebol, futsal, handebol, basquetebol, voleibol, futevôlei e fut-tênis (tênis jogado com os pés).

Valdemir ressalta que nos núcleo do Segundo Tempo, além dos esportes, os alunos têm de estudar. “O que é mais cobrado aqui no núcleo são as notas das crianças na escola. Elas também ficam preocupadas com o desempenho escolar, porque se tirarem nota baixa, elas participam das aulas de reforço no mesmo horário do treino. Com isso, elas não podem participar dos treinos do Taekwondo”, diz.


Breno Barros
Ascom - Ministério do Esporte



  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: