Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


01/10/2007 às 17:19 - Instituto Ayrton Senna capacita profissionais do Programa Segundo Tempo  

Determinado em atender sempre com mais qualidade ao universo de crianças e jovens do programa Segundo Tempo, o Ministério do Esporte firmou parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS). Desde abril deste ano, um projeto piloto de capacitação envolve 200 coordenadores de núcleos de 15 entidades parceiras do Segundo Tempo. O piloto é desenvolvido em São Paulo e no interior paulista e segue até dezembro deste ano.

A experiência vai municiar o governo federal para o lançamento, em fevereiro de 2008, da capacitação nacional em todos os níveis, envolvendo além dos coordenadores de núcleo, os gestores e os monitores. A Secretaria Nacional de Esporte Educacional, setor responsável pelo Segundo Tempo, pretende envolver na capacitação 10 mil profissionais ligados ao programa.

De acordo com a diretora do Departamento de Esporte Escolar do Ministério do Esporte, Gianna Lepre Perim, a atividade será descentralizada. “A capacitação será presencial para os coordenadores de núcleo e semi-presencial para os monitores", detalha.

A escolha do estado e das entidades participantes da capacitação no projeto piloto foi definida em abril deste ano durante a Capacitação de Gestores, em Brasília. No final de agosto, os coordenadores de núcleo escolhidos partiram para a capacitação presencial. Durante três dias eles aprenderam a metodologia do programa Educação pelo Esporte (PEE) que o Instituto desenvolve dentro de universidades há 12 anos, em projetos que atendem crianças em períodos complementares ao da escola.

De acordo com a coordenadora do Programa Educação pelo Esporte no IAS, Cléo Araújo, o esporte é no IAS o motivador da ação educativa. Segundo ela, isso ocorre graças ao potencial que as atividades esportivas, os jogos e as brincadeiras têm de educar promovendo ao mesmo tempo prazer e alegria. "O foco da metodologia é criar oportunidades para que, por meio do esporte, crianças e jovens possam incorporar competências para vida, garantindo assim seu desenvolvimento integral e promovendo desenvolvimento humano em nosso país", enfatiza.

Instituições parceiras capacitadas
O instituto Ayrton Senna, junto a agentes técnicos e formadores credenciados, fará o acompanhamento dos núcleos cujos coordenadores participaram da formação no projeto piloto. No trabalho também estão incluídas, além das visitas de campo, o acompanhamento do planejamento e dos relatórios de atividades. "Um dos aspectos positivos identificados nos núcleos tem sido o envolvimento e o compromisso dos coordenadores do convênio em Americana, da Federação Paulista de Xadrez", destaca a formadora Keila Sgobi de Barros.

Entre as prefeituras participantes do projeto destacam-se as de Indaiatuba, Várzea Paulista, Tarumã, Porto Ferreira, Guarulhos, Bálsamo, Monte Alegre do Sul, Taboão da Serra, Marilia, Tarumalina e Ribeirão Corrente. A ONG Bola Pra Frente - Escolinha de Basquete Karina, federação Paulista de Futebol e Associação Mutuários e Moradores do Conjunto Santa Etelvina (Acetel) também participaram da formação.


Carla Belizária
Ascom - Ministério do Esporte


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: