Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


18/09/2007 às 16:40 - Segundo Tempo de Bom Jesus da Lapa (BA) é o segundo melhor do Open de Taekwondo  

Sobre o tatami, na quadra esportiva do Ginásio Poliesportivo do Ibirapuera, em São Paulo, 11 estudantes mostraram o potencial do Programa Segundo Tempo ao tornarem-se vice-campeões do Brazil Open de Taekwondo. Os jovens, moradores de Bom Jesus da Lapa, disputaram nas categorias infantil, juvenil e Junior, e tiveram uma vitoriosa conquista geral de 29 medalhas: 13 ouros, sete pratas e nove bronzes. Com este resultado, deixaram para traz países como Peru, Chile e Estados Unidos.

O campeonato Internacional de Lutas Duplas faz parte do calendário da Federação Mundial da Modalidade. O evento contou com a participação de 750 atletas do Brasil e de outros países representados por 60 equipes. Esta 10ª edição comemorou o 37º aniversário da introdução da modalidade no Brasil.

Entre os destaques, Eduardo Pinheiro dos Santos, 11, campeão nas categorias individual e duplas, Géssica Costa, 18, campeã poomse e duplas e terceiro lugar na individual e Yasmin Novais, 14, campeã poomse, e duplas. A brilhante atuação dos três alunos foi determinante para o melhor desempenho da equipe baiana, que foi aplaudida de pé por uma multidão que compareceu no Ibirapuera.

“Eles tiveram muita garra, aplicaram os golpes com perfeição e demonstraram uma técnica muito apurada, digna dos melhores lutadores”, relata Mestre Waldemir, técnico da equipe e coordenador da parceria com o Programa Segundo Tempo e a Associação Desportiva Lapa Taekwondo Clube.

“Senti muita emoção por essas duas importantes conquistas. Mais ainda quando minha mãe foi me receber na academia na Lapa, quando retornamos. Ela me abraçou e me beijou e disse que há muito tempo eu era o campeão da vida dela”, relata Eduardo. O jovem faz planos para o futuro e diz que quer ser advogado. “Mas também serei mestre no Taekwondo”, ressalta.

Géssica, por sua vez, explica que para alcançar o lugar mais alto do pódio foram necessários treinos intensivos e muita determinação para vencer. “Nossos treinamentos eram de quatro horas diárias e o resultado não poderia ser melhor”, ressalta a jovem.

Mesmo tendo enfrentado 24 horas de ônibus para participar do evento, Yasmin, 14, lembra que a motivação sempre foi marca da preparação para a competição. “A empolgação de ser escolhida para participar do campeonato superou o cansaço da viagem. E é desta forma que pretendo superar meus desafios de vida”, conta. A lutadora também acredita que o esporte e a vida profissional podem andar juntas. “Pretendo um dia ser médica pediatra, mas jamais abandonarei o esporte”, assegura.

Confira os demais atletas campeões do Segundo Tempo
Henrique Arrudes - campeão poomsê e duplas e vice individual)
César Augusto de Souza - terceiro lugar individual
Ronaldo Ribeiro Nunes - campeão duplas, terceiro individual (deficiente auditivo)
Ravi Cordeiro - vice individual e duplas e 3º lugar poomse
Cláudio Matheus Costa – vice demonstração)
Henrique Marques - campeão duplas
Set Hudson Leite - campeão demonstração (deficiente físico)
Valdecy Lelis - vice individual e poomse
Valdemir Texeira - campeão individual e poomsê)



Carla Belizária
Ascom – Ministério do Esporte


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: