Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


23/10/2006 às 15:58 - Ministério do Esporte dá largada para o Programa Pintando a Cidadania em Lauro de Freitas  

Um novo convênio do Programa Pintando a Cidadania foi lançado nesta segunda-feira (23/10) no município baiano de Lauro de Freitas. O ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., assinou o ato no local da produção, denominado Fábrica da Cidadania.

Com a parceria firmada entre o Ministério do Esporte e o Instituto Brasil, 60 pessoas, principalmente mulheres beneficiadas pelo programa Bolsa Família, produzirão cerca de 60 mil uniformes e bonés, que serão entregues para crianças atendidas pelo programa Segundo Tempo, também desenvolvido pelo Ministério do Esporte. O recurso repassado pelo Ministério é da ordem de R$ 1 milhão.

"Visitamos a fábrica há cerca de cinco meses e prometemos buscar a realização do convênio. Agora voltamos aqui para confirmar o compromisso assumido de auxiliar nesta importante ação de inclusão social e de geração de emprego e renda através do esporte", afirmou o ministro.

Para a presidente do Instituto Brasil, Dalva Sele Paiva, a parceria só foi possível devido à sensibilidade das instituições. "Encontramos instituições que se preocupam com os jovens e entendem que o homem é capaz de participar da transformação do seu mundo. Por isso esse projeto maravilhoso está saindo do papel", elogiou.

A expectativa da prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, é que na próxima etapa do programa, que ela espera ver renovado em 2007, sejam acrescentadas a produção de bolas e pastas para o Segundo Tempo. O material poderia ser produzido por cerca de 400 trabalhadores. Atualmente, já existe uma lista de 70 pessoas aguardando vaga na fábrica. A ampliação viria a confirmar a proposta de o município ser pólo de produção regional para outros municípios baianos, como Salvador.

Segundo Tempo
Boa parte do material produzido pela Fábrica da Cidadania ficará no próprio município. O programa Segundo Tempo, que oferece a prática esportiva, aliada a reforço escolar e alimentar, no contraturno na escola, atende, em Lauro de Freitas, 15.200 crianças. O programa realiza oficinas, aulas de capoeira e outras atividades culturais. O repasse do Ministério do Esporte para o Segundo Tempo em Lauro de Freitas é de R$ 1.687.200,00 para a gestão de 12 meses. Mais R$ 500 mil serão repassados em contrapartida da prefeitura.

Em toda a Bahia, 137 mil crianças são atendidas pelo Segundo Tempo, desenvolvido em 132 municípios.



Francine Moor
Ascom-Ministério do Esporte
Na imagem: ministro recebe uniformes do projeto.
Crédito: divulgação


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: