Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


15/07/2005 às 16:29 - Segundo Tempo beneficia mais 17,8 mil crianças em Manaus (AM)  

O Ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, lançou hoje (15/7) o Programa Segundo Tempo para atender 17.800 crianças em parceria com o Governo do Estado do Amazonas. Durante a solenidade, no auditório da reitoria da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), Agnelo Queiroz ministrou uma palestra sobre a Política Nacional do Esporte para os cerca de 300 profissionais que vão atuar nas 89 unidades do programa nas escolas estaduais. Com mais essa parceria, o número de criaças beneficiadas na capital e no estado do Amazonas passa a 28.620 estudantes.

Durante o lançamento do programa, Agnelo Queiroz fez a distribuição de kits esportivos para 10 escolas estaduais. Em seguida, o ministro visitou o Centro de Alto Rendimento da Região Norte, na Fundação Vila Olímpica de Manaus e logo em seguida prestigiou com a Prefeitura Municipal de Manaus a inauguração da Vila Olímpica do Coroado. Durante o evento, mais 107 escolas municipais receberam kits com materiais esportivos das mãoes do ministro Agnelo, totalizando a distribuição em cerca de 7 mil itens entre bandeiras do Brasil, bolas e redes de basquete, futebol de campo, futsal, handebol e vôlei.

A nova parceria do Programa Segundo Tempo tem como gestora a Secretaria Estadual de Juventude, Esporte e Lazer. Das 89 escolas contempladas, 85% estão localizadas em bairros da periferia, onde a ausência da prática esportiva e do lazer é predominante entre crianças de 1ª à 4ª séries. Escolas estaduais como a Elira Pinheiro (no bairro Nossa Senhora de Fátima II) e a Gilberto Mestrinho (Colônia Antônio Aleixo) são exemplos de unidades que atendem a uma população de extrema carência que serão contempladas pelo programa de inclusão social do Ministério do Esporte.

Em Manaus, o programa de inclusão social do Ministério do Esporte atende mais de 25,5 mil crianças, assegurando, além da prática esportiva, reforço escolar e alimentar. No estado do Amazonas, cerca de 3.100 estudantes carentes também são beneficiados nos municípios de Humaitá, S. Gabriel da Cachoeira, Manacapurú, Presidente Figueiredo, Parintins, Tabatinga e Tefé.


Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: