Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


27/04/2005 às 16:46 - Alunos do Segundo Tempo fazem papel de multiplicadores de saúde  

O Centro de Ensino n° 1 da Vila Estrutural, em Brasília (DF), teve uma manhã de aula diferente. Cerca de 100 crianças que freqüentam o núcleo do Segundo Tempo na parceria com o Sesc do Guará, cidade satélite de Brasília, foram selecionadas para a Campanha Educacional de Prevenção Contra a Pediculose, o famoso piolho. As crianças fizeram um curso que teve duração de dois dias no Sesc. Com cartazes ilustrativos e acompanhados de um coordenador, eles entraram em todas as salas de aula e explicaram aos colegas sobre a importância da higiene e do combate ao piolho.

“Algumas crianças não tinham esse cuidado com a higiene. Hoje, elas já vêm de banho tomado e bem limpas de casa. Já sabem que a higiene é importante e saudável”, comemora Hebert Lopes, um dos coordenadores do Segundo Tempo na parceria com o Sesc Guará.

As crianças falaram da importância do banho e de se cuidar desde cedo. Distribuíram panfletos explicativos que foi elaborado por alunos e coordenadores. O aluno da 1ª Série, Wanderly Inácio dos Santos, de nove anos, disse que tudo o que aprendeu no curso, ele quer dividir com os colegas. ”Antes eu tinha muito piolho, agora aprendi a combater e quero que meus amiguinhos também façam o mesmo”. Já Larissa Beatriz, de seis anos, foi mais além e fez um alerta. ”O piolho fica sugando nossa energia. Minha mãe ficou me ajudando e quero ajudar os meus colegas”, disse a também aluna da 1ª série.

Após terem passado por todas as turmas da escola, os multiplicadores saíram cantando pelo corredor a música tema da campanha.

Na parceria com o Sesc são atendidas 400 crianças. A parceria funciona nas unidades do Guará, Gama e Taguatinga. Lá praticam natação, tênis, futebol, vôlei, basquete, futsal e ainda contam com serviço de nutricionistas. Três coordenadores e quatro estagiários, sendo dois de Pedagogia e dois de Educação Física, trabalham na unidade do Guará, que atende crianças de 7 a 9 anos.


Ronaldo Mendes


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: