Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


03/03/2005 às 18:03 - Convênio entre o SESI e o Ministério do Esporte beneficia 500 crianças carentes do DF  

Desde agosto de 2004, cinco novos núcleos do Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, estão em funcionamento no Distrito Federal. No horário em que não estão na escola, cerca de 100 crianças carentes entre 7 e 14 anos de idade freqüentam as unidades do Serviço Social da Indústria (Sesi), graças a um convênio entre a instituição e o governo federal.

Os núcleos oferecem várias atividades educativas, esportivas e de lazer para as crianças. As instalações são amplas e compostas por piscinas semi-olímpica e infantil, quadras cobertas e campo de futebol. As crianças também contam com atendimento médico e odontológico, além de exames laboratoriais e nutricionais.

“A novidade deste convênio é que podemos contar com profissionais da área de educação física, que têm a ajuda de estagiários para desenvolver as atividades com as crianças”, destaca o técnico de gerenciamento de lazer e cultura do Sesi/DF, Ayres Castro. Os cinco núcleos instalados no Distrito Federal estão localizados em Taguatinga, Gama, Ceilândia, Sobradinho e Núcleo Bandeirante.

Um dos alunos do Segundo Tempo, Jonas Tolentino, de 10 anos, estava animado no seu primeiro dia de aula. “É uma boa oportunidade para fazer novos amigos”, revelou ele. Antonio Guilherme Oliveira, de 10 anos, está no programa desde o ano passado. “Aqui nós aprendemos muitas coisas boas como futebol, basquete, queimada e vôlei”, destacou ele. Carolina Oliveira, de 7 anos, que começou este ano, diz que “a melhor coisa que tem é sair da aula e poder brincar de bola, nadar e ainda ter aulas de judô”.

Maria Didé, mãe de três crianças beneficiadas com o programa, acompanha de perto a atividade dos filhos. “Eles estão muito felizes. Chegam em casa bastante animados e repetindo tudo o que aprenderam no programa. Foi uma boa alternativa e agora eles não ficam mais em casa sem ter o que fazer”, destacou ela.

Uma das atividades mais disputadas pelos alunos do Segundo Tempo no núcleo do Sesi são as aulas de judô do professor Sílvio Magalhães. O paulista de 64 anos, que está em Brasília desde 1972, é um apaixonado pelo esporte e dá aulas para as crianças do Sesi há 29 anos. “Meus braços estão abertos para toda criança que chega aqui”, declarou entusiasmado.


Aída Carla de Araújo


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: