Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


21/02/2005 às 18:41 - Segundo Tempo atende mais 20 mil jovens em escolas públicas de Manaus  

Vinte mil estudantes de Manaus têm um motivo a mais para comemorar a volta às aulas. Mais de 100 escolas da rede municipal foram transformadas em núcleos de atendimento do Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte. De acordo com o prefeito da capital amazonense, Serafim Correia, o programa irá contemplar jovens da zona norte e zona leste de Manaus, uma das áreas de maior risco social. “O programa promove a inclusão social, melhora a qualidade de vida das crianças e assegura a formação integral por meio do esporte”, justificou o prefeito.

Ao todo, foram investidos cerca de R$ 2,3 milhões no programa em Manaus. Segundo o ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, a nova parceria, que já contempla 56.778 jovens na capital amazonense e comunidades ribeirinhas, fecha um ciclo virtuoso da inclusão social em todo o estado. Além da parceria com a prefeitura, o Ministério do Esporte também fechou parceria com a Congregação Salesianos Dom Bosco do Brasil, Ministério da Defesa e Secretaria de Estado e Juventude. Com isso, outras 35 mil crianças em todo o estado são beneficiadas pelo Segundo Tempo. A idéia é ampliar o atendimento também com o governo estadual.

Das 106 escolas municipais que foram transformadas em núcleo de atendimento, 40% não possuem infra-estrutura esportiva. Por isso, foram disponibilizados pela própria prefeitura diversos espaços públicos como o Ginásio de Esporte Zezão (Zona Leste), Centro Social Urbano (CSU - Parque 10), Ginásio Poliesportivo (conjunto Dom Pedro I), Mini-Vilas Olímpicas (Coroado e Santo Antônio) e CCA da Redenção. Na parceria com a Prefeitura de Manaus, os jovens contemplados poderão praticar vôlei, basquete, handebol, futsal, futebol de campo, ginástica, judô e xadrez. Além disso, eles terão aulas de noções de saúde e higiene e acesso ao reforço escolar e alimentar, uniformes e material esportivo. Segundo o secretário de Esportes da Prefeitura, Eliomar Mota, a possibilidade de implantação da luta olímpica está sendo estudada pela equipe de coordenação.


Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: