Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


03/01/2005 às 18:40 - Segundo Tempo atende crianças portadoras de necessidades especiais  

Brasília 03/01/2005 (Ascom/ME) - Uma turma muito especial agita o Segundo Tempo-Canoa Brasil na cidade de Estrela (RS). Das 243 crianças atendidas pelo Programa, 25 são alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). O desempenho dos estudantes Liliane Lindeman e Claudiomiro da Silva rendeu à natação duas medalhas de ouro e três de bronze nas Olimpíadas Nacionais das Apaes de 2004.

As Olimpíadas aconteceram há menos de um mês, em Goiânia (GO), onde 1.200 atletas portadores de deficiências mentais de todo o país disputaram provas em 11 modalidades esportivas. O Ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, que também é médico, garante que “esses atletas têm no esporte uma ferramenta de saúde, de inclusão social e superação de preconceitos”.

Mesmo estando no período das férias escolares, todos os alunos, inclusive os da Apae, continuam freqüentando o núcleo do programa Segundo Tempo. De acordo com Clenia Wülsing, diretora da Apae de Estrela, os alunos gostam muito do programa.

Desenvoltura do equilíbrio, melhora da auto-estima, superação das limitações e do medo são pontos positivos identificados entre os jovens que participam do Programa. "Alguns estudantes do ensino regular que têm atendimento psicoterapêutico podem até faltar à Apae, mas nunca deixam de freqüentar o núcleo do Segundo Tempo”, revelou Clenia Wülsing. “Temos muito a lhes ensinar, mas com certeza iremos aprender muito mais com eles”, declarou a coordenadora do Segundo Tempo, Rosana Abech Laytouni.

No núcleo, crianças, adolescentes e adultos portadores de necessidades especiais - cujas idades variam de sete a 25 anos - participam do programa de inclusão social do Ministério do Esporte. De segunda a sexta-feira eles desenvolvem as mesmas atividades que os estudantes das escolas regulares. Além de aulas práticas e teóricas de canoagem, também praticam vôlei e futebol. Contam com reforço escolar e alimentar, aulas de olimpismo e canto, atividades recreativas e de conservação do meio ambiente com passeios turísticos.

O programa Segundo Tempo - Canoa Brasil é uma parceria entre Ministério do Esporte e a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa). São atendidos gratuitamente estudantes carentes em área de risco social. Em Estrela, o programa é patrocinado pela Ambev (Guaraná Antártica) e conta com a parceria local da Prefeitura Municipal. A execução técnica é desenvolvida pela Associação de Ecologia e Canoagem (Aeca) cuja sede/núcleo funciona no Parque Náutico.

Mais investimentos - O Segundo Tempo atende 800 mil estudantes carentes em área de risco social. De acordo com o ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, a partir de janeiro de 2005, esse número será ampliado para um milhão de atendimentos.

Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: