Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


04/10/2004 às 15:10 - Ministro e jovens do Segundo Tempo encontram-se com o Papa  

O Ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, foi recebido na manhã de hoje pelo Papa João Paulo II. O Ministro estava no Vaticano para acompanhar um grupo musical de um dos núcleos do Segundo Tempo, programa social do Ministério do Esporte que oferece a jovens e crianças alternativas de esporte e lazer em um turno extra à jornada escolar.

Durante o encontro, o Papa manifestou sua preocupação com a questão dos menores de rua. Ele recebeu, do Ministro Agnelo, um conjunto de material esportivo confeccionado por presidiários que participam de outro programa social do Ministério, o Pintando a Liberdade. Os jovens Rogério e Gérson foram os escolhidos para entregar o presente ao Papa.

O grupo musical que se apresentou para o Papa João Paulo II, no Vaticano, participou da cerimônia de canonização do padre francês Pietro Vigne, beatificado no domingo. Falecido em 1740, o padre é patrono de uma unidade do Programa Segundo Tempo, mantido pelo Ministério do Esporte, em Feira de Santana, na Bahia.

Padre Pietro dedicou sua vida a cuidar de enfermos e a ele é atribuído o milagre de salvar de um câncer uma brasileira de Brejo Santo (CE) que, há oito anos, depositou suas esperanças de cura às orações feitas para o padre. Como parte da cerimônia de canonização do Padre Pietro, o cerimonial do Vaticano reservou um espaço para a apresentação da banda de música formada pelos jovens assistidos pelo Programa. Além da apresentação musical, eles também participaram de um jogo de futebol contra um time de jovens italianos assistidos por programas sociais da Igreja Católica naquele país.

O Ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, acredita que a ida das crianças ao Vaticano é uma dupla conquista. Permite que crianças humildes conheçam o Vaticano,o Papa, a capital da Itália, Roma, e um pouco da história da nossa civilização. Em segundo lugar, revela o reconhecimento dos resultados de um programa de inclusão social do governo brasileiro, administrado pelo Ministério do Esporte.

“Conseguimos dar dignidade aos 800 mil estudantes carentes hoje contemplados pelo Segundo Tempo”, orgulha-se o Ministro ao informar que o programa assegura alimentação, reforço escolar e uniforme, material esportivo para quem é assistido pelo Programa.

Em Feira de Santana, os jovens do Segundo Tempo praticam futebol, capoeira, vôlei, atletismo, handebol e futsal na instalação esportiva da Fazenda do Menor, que faz parte da estrutura funcional da Fundação de Apoio ao Menor. Contam com estádio, ginásio de esporte, sete campos de futebol e uma pista de atletismo.

Ascom/ME


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: