Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


27/09/2004 às 19:29 - Segundo Tempo chega ao Paranoá, no Distrito Federal  

Brasília 27/09/2004 (Ascom/ME) - O Paranoá, cidade-satélite de Brasília, está em festa com a chegada do Programa Segundo Tempo. O ministro do Esporte, Agnelo Queiroz lançou no último sábado (25/09) mais dois núcleos do programa, beneficiando 400 jovens carentes. Além dos estudantes dos ensinos fundamental e médio que residem na cidade, a parceria com a Ong Resgate da Vida também contempla alunos que moram nas invasões Fazendinha, Itapuã e Del Lago.

A solenidade de lançamento aconteceu no Centro de Ensino nº 04, onde funciona um dos dois núcleos do Segundo Tempo. O evento reuniu cerca de mil pessoas entre autoridades, moradores, pais e alunos beneficiados. O outro núcleo do Programa fica na sede da Resgate da Vida, na quadra 16, no Paranoá. Para Agnelo Queiroz, a ong apresenta todas as características voltadas para o combate à exclusão de jovens marginalizados. “A Ong reafirma na prática, seu nome, ao demonstrar o mesmo compromisso do programa Segundo Tempo, que é também o Resgate da Vida de jovens, antes sem qualquer perspectiva de um futuro melhor e hoje estão assegurados pelo Governo Federal”, justificou.

Grande parte das crianças e adolescentes assistidos na Resgate da Vida apresentava auto-estima baixa, em decorrência de problemas vivenciados diariamente entre familiares: irmãos cumprindo pena em presídio, alcoolismo, uso de drogas, violência física entre pais, e até mesmo casos de assassinato entre parentes. “Era uma juventude onde alguns tinham passagens pelo Conselho Tutelar. Estavam à margem da criminalidade porque tinham o exemplo dentro de casa”, justifica Manoel Cardoso Magalhães, diretor da ong e tetracampeão brasileiro de caratê.

Esporte como resgate de vidas - Graças às atividades asseguradas pela prática esportiva, a meninada da Resgate da Vida pôde elevar sua auto-estima, aprender a ter autocontrole e respeito ao próximo.

O profissional de luta livre e mestre de capoeira, Manoel Cardoso, está confiante de que o Segundo Tempo tem muito a acrescentar porque dá ao projeto, um respaldo bem maior. “O esporte foi a salvação desses garotos. E agora com alimentação, reforço escolar, uniforme, material esportivo, além de um professor de Educação Física (coordenador e monitores estagiários), oferecidos pelo Segundo Tempo, temos mais estrutura para nosso trabalho”, garante Manoel, informando que “muitas vezes os garotos chegavam a passar mal de fome porque não tinham nada pra comer em casa”.

Atividades desenvolvidas - Os 400 alunos contemplados na parceria Segundo Tempo/Resgate da Vida contam com aulas de caratê, capoeira, vôlei, futebol e basquete. Música, artesanato, orientação sexual são atividades extracurriculares. Manoel aponta como exemplos de determinação e superação o estudante Pierre Freire, 11 aos, duas vezes campeão brasiliense de caratê e o professor de música e canto Fabiano. “Este aluno soube aproveitar a oportunidade e o educador, que é deficiente físico, aprendeu uma profissão conosco e está nos ajudando como instrutor na área”, orgulha-se o diretor da Ong.

Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: