Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


22/09/2004 às 15:15 - Aberto 1º Seminário Nacional de Gestores do Programa Segundo Tempo  

Brasília 22/09/2004 (Ascom/ME) - Mais de 200 participantes entre gestores, parceiros e representantes de Ministérios começaram, nesta quarta-feira (22/09), a debater o Programa Segundo Tempo no 1º Seminário Nacional de Gestores do Segundo Tempo. O evento acontece até a próxima sexta-feira, 24 de setembro, em Brasília.

Nos os três dias de encontro o Ministério do Esporte estará repassando os procedimentos de implantação, desenvolvimento e gestão do Segundo Tempo para que o programa melhore ainda mais. A meta é alcançar uma maior qualidade tanto no atendimento junto aos jovens contemplados quanto em seu funcionamento estrutural no que se refere à metodologia de gestão aplicada.

Durante a cerimônia de abertura, o secretário-executivo do Ministério do Esporte, Orlando Silva Júnior, representou o ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, que está em Atenas. "O ministro Agnelo Queiroz vai estar aqui na sexta-feira para conversar pessoalmente com cada um dos gestores", informou Orlando.

O Secretário também afirmou ser esse um momento muito importante para o esporte de inclusão porque segue os desafios apontados pela Conferência Nacional do Esporte, realizada este ano, em Brasília.

O estímulo para o Sistema Nacional de Esporte e Lazer, mobilização e financiamento no setor privado e a viabilização de uma política mais consistente de qualificação foram apontadas por Orlando como soluções eficazes para fazer com que as políticas públicas alcancem seus objetivos. "Estarmos todos reunidos aqui é a prova de que o esporte realmente está sendo tratado com prioridade pelo Governo Federal ", garantiu.

O Segundo Tempo contempla 800 mil jovens em todo o País e aumenta a permanência da criança na escola, com a abertura de um segundo turno destinado à prática esportiva. Através dele, estudantes dos ensinos fundamental e médio contam ainda com reforço escolar, alimentação, uniforme, material esportivo e noções de saúde, cidadania e higiene, assegurados pelo Ministério do Esporte.

Cinqüenta crianças da cidade-satélite de Sobradinho, contempladas na parceria como o Sesi marcaram presença na solenidade. Cantaram corretamente o Hino Nacional e assistiram ao filme do Segundo Tempo apresentado no evento. Depois comentaram entre si o que havia sido dito na filmagem: "No basquete, o Segundo Tempo é uma cesta de três pontos, no vôlei, uma cortada na falta de atenção que as crianças carentes do Brasil estavam sofrendo ", disse o aluno João Silva, 9 anos.

"O Sesi tem participação no Segundo Tempo tendo se aliado em primeira hora ao programa, disponibilizando milhares de instalações à disposição de uma imensa legião de jovens marginalizados", enfatizou Rui Firme do Nascimento, diretor superintendente do Sesi Nacional. Para Julio César Soares, diretor de Esporte Educacional e de Identidade Cultural, o que mais lhe chamou atenção foi a responsabilidade dos gestores em vestir a camisa do Segundo Tempo na prática. "Através das críticas, elogios e propostas de melhorias que ouviremos aqui, o Ministério do Esporte fará um balanço para uma gestão mais uniforme do programa", assegurou.

Também marcaram presença na abertura do evento, Idair Senna Bastos, diretora da Ação Social do Planalto e Weber Magalhães, secretário de Esporte e Lazer do DF. A cerimônia contou ainda com os comandantes Lino e Barros, representando o Ministério da Defesa, que mantém parceria com o Segundo Tempo através do projeto Forças no Esporte e de João Tomasini, presidente da Confederação de Canoagem, também parceira do programa.

Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: