Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


13/08/2004 às 18:46 - ME beneficia Aracajú com programa Segundo Tempo  

Brasília 13/08/2004 - Aracajú é a mais nova contemplada com o Programa Segundo Tempo. A cerimônia de lançamento aconteceu nesta manhã, no auditório da Sociedade Semear, centro da Capital Sergipana. A parceria entre Ministério do Esporte e a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esportes (Funcajú) permite, a partir desta segunda-feira (16/08), o atendimento de 3.600 alunos dos ensinos fundamental e médio. São 18 núcleos instalados nas escolas públicas dos bairros Bugio, Santos Dummond, América, Industrial, Santa Maria e Siqueira Campos.

Atletismo, handebol, vôlei, futebol e artes marciais serão as modalidades praticadas pelos jovens, em horário oposto ao turno escolar. As atividades esportivas acontecem nas cinco quadras poliesportivas da Prefeitura Municipal e na infra-estrutura cedida por dois outros parceiros locais: o Clube Social Urbano - CSU e o Clube Confiança, de futebol profissional. A Funcajú conta também com apoio das secretarias de Educação (Semed) e de Assistência Social e Cidadania.

O Ministério do Esporte assegura, além da prática esportiva, alimentação, reforço escolar, uniforme e material esportivo. Garante um coordenador e quatro monitores por núcleo. Em Aracajú, o trabalho será efetivado por professores e estagiários de Educação Física das Universidades Tiradentes e Federal de Sergipe. Como atividades extracurriculares, serão oferecidas oficinas profissionalizantes e palestras sobre saúde e higiene.

O curso presencial de capacitação para profissionais que atuarão no Segundo Tempo aconteceu durante toda a tarde desta sexta-feira (13/08). Foi ministrado por Júlio César Soares, diretor do Departamento de Esportes Escolar, do Ministério do Esporte. Atualmente, o Segundo Tempo atende 750 mil jovens em 26 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Para a presidente da Funcajú, Stella Máris Moreira, é gratificante fazer parte do maior programa de inclusão social do mundo. "O Segundo Tempo nos dá muito orgulho em formar cidadãos através da prática esportiva", afirmou. Na opinião de José Robson, coordenador do Segundo Tempo na Funcajú, o programa tem grande importância para o futuro dos jovens. “Por sua responsabilidade social que é tudo o que as crianças precisam”, justifica.

Stella Máris explica que a parceria permitirá a descoberta de habilidades esportivas e profissionais. “Com o Segundo Tempo a meninada se afasta da rua, fica longe da violência, do consumo de drogas e terá uma melhor condição de vida", garante.

Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: