Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


26/07/2004 às 13:02 - Segundo Tempo chega ao Varjão em clima de festa  

Cerca de 800 pessoas da comunidade do Varjão lotaram o ginásio de esportes do Clube da Apcef – Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal, no último sábado (24/07), durante a solenidade de lançamento do programa Segundo Tempo. Com a implantação desse novo núcleo, crianças e adolescentes do Varjão passam a dispor de equipamentos e orientadores para a prática esportiva.

O evento, aberto pelo ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, contempla 400 estudantes dos ensinos fundamental e médio através da parceria com a Galera dos Matutos - uma Ong, fundada em 1997, que realiza atividades de dança e teatro no Centro de Ensino da Área Especial, localizado no Varjão.

Durante a solenidade, o Ministro destacou a importância do trabalho de inclusão social promovido pelo Ministério do Esporte. “O caminho mais eficaz para evitar que nossas crianças façam as escolhas erradas na vida é o esporte”, assegurou o Ministro destacando o trabalho em equipe, liderança e disciplina como reforços importantes na formação do jovem.

O evento contou também com a participação da equipe juvenil de vôlei e futebol de salão da Apcef. Dentre os atletas do vôlei, cinco participam da seleção brasileira juvenil. Segundo Jorge André Nunes, gerente de esportes do clube, os contemplados pelo Segundo Tempo que mais se destacarem em suas respectivas modalidades poderão integrar as seleções do clube.

Na solenidade, grupos de jovens do assentamento do Distrito Federal apresentaram uma peça de teatro que abordou o perigo das drogas. Os atores conseguiram impressionar as crianças que se assustaram com os artistas vestidos como “fantasmas das drogas”. A deputada distrital Érika Kokay (PT-DF), elogiou o projeto do Ministério do Esporte. “Temos visto um verdadeiro extermínio (físico e de futuro) de nossas crianças e adolescentes, e projetos relacionados aos esportes permitem que as crianças brinquem e os jovens sonhem”.

Ao fim da cerimônia, rapidamente, as crianças e pais presentes se dispersaram em direção ao lanche oferecido pela Galera dos Matutos. A ONG conta, inclusive, com uma lista de espera composta por 200 jovens. Animadas, as pré-adolescentes Líne e Lucileidy, ambas com 11 anos, se inscreveram para praticar vôlei e natação. “Quero ser medalhista”, disse Lucileidy.

Segundo o presidente da Galera dos Matutos, Abidenaldo Gama (Bidé), o contato com a Apcef existia há algum tempo, desde a época em que o Varjão começou a fazer apresentações de quadrilhas durante as festas de São João do clube.

No convênio com a Galera dos Matutos, o Ministério do Esporte destinou R$ 77 mil, recursos utilizados para o atendimento dos alunos dos ensinos fundamental e médio para os próximos 10 meses. A expectativa de Bidé é de que esse dinheiro atenda as necessidades do projeto no período de 1 ano.

O evento contou ainda com as presenças do diretor de esportes da Apcef, Raimundo Edilberto, do vice-presidente da Caixa Econômica, Carlos Borges, da administradora do Varjão, Stela Maria de Lima, além do presidente da Apcef, Ismael Galeazzi.

Luciana Yonekawa e Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: