Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


19/07/2004 às 18:20 - Jovens de todo o mundo vão conhecer Programa Segundo Tempo, em Barcelona  

Brasília 19/07/2004 (Ascom/ME) - O Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, será apresentado pelo Serviço Social da Indústria - Sesi, em Barcelona, Espanha, de 9 a 12 de agosto, durante o III Festival Mundial de Juventude.

O Sesi é um dos maiores parceiros do Programa Segundo Tempo. Atende 40 mil jovens dos ensinos fundamental e médio, em 230 núcleos distribuídos em suas instalações de 180 municípios do Brasil. A convite da Unesco - uma das organizadoras do evento que este ano reúne 10 mil jovens de todo o mundo - além de palestra, o Sesi estuda outras formas de atuação através de dinâmica de grupo entre participantes, com mostra de filmes, fotografias e slides.

O anúncio foi feito pelo ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, durante a cerimônia de lançamento da 11ª edição do programa Ação Global Nacional, em Brasília. A mostra das atividades do Programa Segundo Tempo em Barcelona faz parte da programação do Fórum Mundial de Cultura que acontece na cidade espanhola desde maio e encerra em setembro. O evento tem como tema: “Linguagem com Violência, Violência com Linguagem”.

Para o ministro Agnelo, a divulgação do trabalho do Ministério do Esporte nesta atividade internacional é de grande importância. Segundo ele, mostra aos jovens de todo o mundo que através de programas de integração social o governo brasileiro dá provas do quanto é fácil e barato mudar para melhor a vida de milhares de crianças e adolescentes em áreas de risco social. “Graças à conscientização de parceiros como entidades públicas, privadas e sociedade civil, o Segundo Tempo é atualmente o maior programa sócio-esportivo do mundo. Custa R$ 25,00 por mês para cada criança”, informa o Ministro, explicando que a meta é chegar ainda em 2004, à casa de 1 milhão de atendimentos.

O Segundo Tempo é um programa do Ministério do Esporte, em parceria com o Ministério da Educação, destinado a possibilitar o acesso de crianças e jovens à prática esportiva, matriculados em escolas públicas, principalmente em áreas de vulnerabilidade social. Beneficia, atualmente, 750 mil jovens em todo o País. Além de assegurar a prática esportiva em horário oposto ao turno escolar dos jovens, o Ministério garante uniforme, material esportivo, reforço escolar e noções de saúde e higiene. A alimentação é oferecida na parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social, através do Programa Fome Zero.

O Ministério disponibiliza, ainda, para cada núcleo de atendimento, um coordenador (professor de Educação Física) e quatro monitores (estagiários) que fazem o acompanhamento das atividades esportivas. Os profissionais são capacitados através de outra importante parceria: a Universidade de Brasília (UnB), através de curso de longa distância via internet.

Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: