Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


17/07/2004 às 17:49 - Ministério do Esporte lança Segundo Tempo em Barueri (SP)  

“Os 230 mil moradores da cidade paulista Barueri, aguardam com ansiedade a chegada do Segundo Tempo para dar um novo rumo na vida ociosa dos jovens”. A afirmação é de Marconde Alves de Lima, presidente do Projeto de Ação Social de Barueri (Projab), o mais novo parceiro do Ministério do Esporte. A entidade e a Prefeitura Municipal prepararam para esta segunda-feira (19/07) uma grande festa de lançamento, às 19h, na Vila Tupã, na avenida Brigadeiro Manoel Rodrigues Jordão.

O Secretário Nacional de Esporte Educacional, Ricardo Leyser participa do lançamento representando o ministro do Esporte, Agnelo Queiroz. Foram confirmadas as presenças do prefeito de Barueri, Gil Arantes, e do secretário Municipal de Esporte, Valter Junqueira. A parceria atenderá 870 jovens dos bairros carentes de Jardim Paulista, Vale do Sol, Jardim Tupã, Parque do Viana, Jardim Silveira e Jardim Audir. Deste número, 80% são alunos indicados pelas escolas e os 20% restantes contemplam os que já atuam nos projetos da instituição.

Os jovens irão praticar futsal, vôlei, basquete e handebol em horário oposto ao turno escolar. O Ministério do Esporte disponibiliza um coordenador (professor de Educação Física) e um monitor (estagiário) para acompanhamento das atividades esportivas e garante material esportivo, uniforme, alimentação e reforço escolar. Nesta parceria os diretores das escolas municipais irão ministrar palestras sobre drogas, sexualidade, doenças sexualmente transmissíveis, saúde, ética e cidadania.

Segundo Marconde Alves a chegada do Segundo Tempo é fundamental para o trabalho de inclusão social realizado pelo Projab porque assegura a presença da garotada da periferia, cujo interesse pelo esporte é grande. Criado em 2001, a entidade desenvolve dois projetos sociais. O “Resgate da Cidadania” oferece para 850 adolescentes a cada semestre, cursos profissionalizantes gratuitos de cabeleireiro, auto-elétrica, panificação, informática e artesanato.

Outro projeto, “Casa Abrigo”, trabalha com meninos e meninas com problemas de distanciamento familiar que foram encaminhados pelo Conselho Tutelar e pala Vara da Infância e da Juventude. Além de estudar, aprendem uma profissão e contam com duas casas para morar. O projeto oferece, ainda, uma equipe técnica - dois psicólogos, dois assistentes sociais e um terapeuta ocupacional - que também será disponibilizada aos jovens do Segundo Tempo.

Inglês a preços simbólicos para participantes do Segundo Tempo

Os jovens contemplados pelo Segundo Tempo, em Barueri, terão aulas de inglês a preços simbólicos. O Instituto de Idiomas Yázigi, parceiro no Projeto “Resgate da Cidadania”, abraçou a causa mais uma vez. A mensalidade do curso normal custa em média R$ 230,00. Os alunos do Resgate da Cidadania pagam R$ 30,00 (até 12 anos ) e R$ 40,00 (acima de 12 anos). Para os estudantes do programa Segundo Tempo esse valor foi reduzido mais ainda, ou seja, R$ 15,00 (até 12 anos) e R$ 20,00 (acima de 12 anos). “Nossa maior vitória é saber que entidades públicas, privadas e a sociedade civil se engajaram com sabedoria, nos programas sociais do Governo Federal”, comemora Marconde Alves.

Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: