Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


12/04/2004 às 18:43 - Segundo Tempo capacita coordenadores e monitores no País  

O Ministério do Esporte começa nesta segunda-feira o curso Esporte Escolar a Distância onde participarão professores e alunos de Educação Física de vários estados do Brasil. Os alunos, em sua maioria, são instrutores e estagiários do Programa Segundo Tempo, desenvolvido pelo Ministério em escolas públicos de primeiro e segundo graus. O conteúdo pedagógico e as aulas foram preparados pelos professores do Centro de Educação a Distância da Universidade de Brasília, parceira do Ministério. O objetivo da parceria entre Ministério e a UnB é a capacitação de profissionais para atuar em cerca de mil núcleos do Segundo Tempo até o final do ano.

O curso pretende difundir novos conhecimentos relativos à Pedagogia do Esporte. Sua realização foi uma das medidas sugeridas no primeiro Seminário de Capacitação promovido pelo Ministério do Esporte (ME). O evento que teve como tema “O papel do Coordenador local junto aos Professores de Educação Física e Monitores do Segundo Tempo” fez um balanço do atendimento de 549 mil crianças e adolescentes feito por 6.960 profissionais que atuam em todos os 2.320 núcleos no País.

Serão beneficiadas nesta primeira etapa 1.500 professores e 3 mil estagiários. Os profissionais receberão os módulos impressos através dos Correios e depois terão acesso ao portal do Centro de Educação a Distância da UnB pela Internet. Para os professores de Educação Física serão entregues seis módulos totalizando 360 horas e exige produção de monografia para a especialização.

Já os estagiários (monitores) receberão dois módulos do curso de extensão, um total de 120 horas. Em 2003, o Ministério do Esporte capacitou 960 professores e estagiários em encontros presenciais realizados nos estados do Acre, Amazonas, Ceará, Pernambuco e Goiás e em cidades do Entorno do DF.

O ministro do Esporte Agnelo Queiroz e o Secretário Nacional de Esporte Educacional, Ricardo Leyser Gonçalves, participaram do Seminário. Eles esclareceram dúvidas e apresentaram propostas para tornar mais eficiente o monitoramento das atividades do programa Segundo Tempo. “Está programada para agosto de 2004, a realização de mais uma Curso de Esporte a Distância em parceria ME e UnB”, antecipou o ministro.

Cada coordenador estadual presente no Seminário assumiu o compromisso de elaborar uma proposta para realização de seminários descentralizados. Segundo Ricardo Leyser, a meta é dar subsídios para que cada estado aprimore mais ainda o atendimento do Segundo Tempo. “Ao se obter dados mais precisos iremos assegurar um maior controle e eficácia no atendimento executado por estes profissionais”, justificou.

O Segundo Tempo beneficia jovens com idade entre 7 e 17 anos com a prática esportiva em horário oposto ao turno escolar. Garante alimentação em parceria com o Fome Zero, material esportivo confeccionado por detentos de 52 penitenciárias do projeto Pintando a Liberdade, administrado pelo ME e em parceria com o Ministério da Justiça. A garotada conta ainda com noções de saúde e higiene além de reforço escolar através do parceiro Ministério da Educação.

Carla Belizária


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: