Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


24/07/2003 às 18:40 - Ministro discute programa Segundo Tempo com prefeitos do entorno do DF  

O ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, se reuniu nesta quinta-feira com prefeitos e secretários de esportes do entorno do Distrito Federal para discutir o programa Segundo Tempo, que oferece a alunos de escolas públicas a oportunidade de praticar esportes no contra turno escolar.

O ministro convocou as prefeituras a ajudar na implementação do programa na região, que poderá servir de modelo para o resto do país. “Os municípios são grandes parceiros que é onde acontece e se executa esse tipo de projeto. Nossa região pode ser um grande exemplo para todo o Brasil”, afirmou o ministro Agnelo Queiroz.

O objetivo do Ministério do Esporte é chegar a todas as capitais do país até o final do ano, beneficiando cerca de 800 mil crianças. O projeto piloto entrará em funcionamento no início de agosto em cidades de Goiás. O programa irá atender cerca de 27 mil crianças em 137 escolas de Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia.

Já a capital federal será a primeira cidade do país a ser beneficiada com uma parceria entre o Ministério do Esporte e clubes sociais. As parcerias com clubes e entidades permitem ao Segundo Tempo atingir até mesmo os alunos de escolas públicas sem quadras e ginásios.

A finalidade do programa é permitir a ocupação das crianças matriculadas na rede pública, com redução do tempo ocioso e do risco de ingresso em comportamento inadequado ou ilícito. “Temos como objetivo principal da ação do presidente Lula na área dos esportes adotar o esporte como ferramenta importante de desenvolvimento humano”, disse Agnelo aos prefeitos.

Participaram da reunião, prefeitos e secretários de 14 cidades da região, entre elas Abadiânia (GO), Buritis (MG), Luziânia (GO), Unaí (MG) e Alexânia (GO). Os prefeitos ficaram bastante animados com o projeto. Segundo o prefeitos da Cidade Ocidental (GO), o programa trará uma grande transformação na área da educação. “Vemos o início de um grande projeto. É na escola que começa a formação do nosso país”, disse.

Também nesta quinta-feira, o ministro assinou um convênio com a Universidade de Brasília (UnB) para oferecer treinamento para monitores do Segundo Tempo em todo o país. Docentes da UnB serão responsáveis por oferecer a especialização a distância para os instrutores.

O Segundo Tempo oferece capacitação de professores e monitores de educação física, implantação de infra-estrutura esportiva nas escolas públicas, além de distribuição de material esportivo às escolas. Os alunos ainda receberão merenda escolar para permanecerem na escola praticando esportes.

O programa será implementado em escolas públicas de ensino fundamental que possuam mais de 500 alunos e estejam localizadas em municípios com mais de 200 mil habitantes.

Mariana Flores


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: