Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


14/08/2013 às 07:28 - Programa Segundo Tempo com esportes de aventura educa alunos para a vida  

O meio ambiente virou sala de aula para 100 estudantes do Programa Segundo Tempo Tempo/Forças no Esporte em Vila Velha, Espírito Santo. Praticando esportes de aventura, como a tirolesa e o rapel, e tendo aulas de combate a incêndio ministradas pelo Corpo de Bombeiros, meninos carentes de quatro escolas da rede pública em área de risco social vivenciam a importância da preservação da natureza, ao mesmo tempo em que aprendem a ter disciplina e a se comportar.
 
Esse tem sido o “bê-á-bá” repetido três vezes por semana pela garotada do Programa Segundo Tempo, atendida no 38º Batalhão de Infantaria do Exército. Na unidade comandada pelo tenente-coronel Luiz Fernando Azevedo Delage, os meninos também praticam futebol, vôlei de areia, handebol, atletismo. O batalhão é um dos 131 núcleos do país do programa de inclusão do Ministério do Esporte em parceria com o Ministério da Defesa que atende mais de 12 mil estudantes. A ação tem  apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e parceria local da prefeitura de Vila Velha.
 
O Corpo de Bombeiros, a mais recente parceria local, disponibilizou 18 homens da corporação para ensinar às crianças as técnicas que garantem equilíbrio e segurança durante atividades esportivas verticais e horizontais.  Enquanto isso, os estudantes do PST, com seus uniformes de gala na cor verde-oliva doados pela prefeitura e, parecidos com as fardas dos militares do Exército, esbanjavam alegria.  “Nossos jovens ficaram muito entusiasmados. Eles colocaram em prática o que sempre viam nos filmes de ação ou em programas esportivos na televisão”,  afirma a coordenadora de núcleo, tenente Cristiane Pereira.
 
A experiência fez com que Lucas Gerônimo, 10 anos, filho de pai funcionário de empresa de temperos e de mãe dona de casa, decidisse que profissão escolher para o futuro. O menino, que adora handebol, quer ser bombeiro. Feliz com a oportunidade de participar do Segundo Tempo, ele justifica: “aqui a gente brinca, tem amigo e conhece várias pessoas, para não ficar no meio das ruas fazendo coisa errada.”
 
Cauã Nascimento, 9 anos, pensa como Lucas. Ele quer “ajudar as pessoas”, só que seguindo carreira de médico. Segundo o menino, filho de pai motorista de autoescola e de mãe manicure, a experiência de praticar esportes de aventura e ter aulas de combate a incêndios foram determinantes para a decisão. “Eu fiquei muito feliz, pois foi muito legal passear na tirolesa e fazer rapel. Assim como do nosso corpo, temos que cuidar da natureza, porque ela nos dá tudo para a sobrevivência – água, ar e comida”, afirma.
 
Os beneficiados do PST têm entre 9 e 14 anos de idade e estudam nas escolas municipais Macionília Maurício Bueno, Ulisses Álvares, Leonel de Moura Brizola e Antônio Bezerra de Farias. Ao frequentar o Segundo Tempo às terças, quartas e quintas-feiras, eles contam ainda com atendimento médico-odontológico gratuito e reforço alimentar e pedagógico, quando acontecem oficinas como a  “Roda da Leitura” e “Ordem Unida”.

“No início do projeto houve uma grande dificuldade dos estudantes em ler. Para melhorar essa situação, passamos a ofertar leituras coletivas, com apoio da pedagoga Aparecida Figueiredo, cedida pela prefeitura de Vila Velha. Após a leitura, as crianças são questionadas sobre o tema  lido, sendo incentivadas a uma melhor interpretação”, explica a tenente.
 
Já a “Ordem Unida” é a disciplina militar trabalhada diariamente dentro do quartel pelos próprios militares. A atividade é aplicada ainda aos alunos do PST e  envolve ações como postura, disciplina, boas maneiras, comando e culto a pátria.
 
Fazem parte do cronograma de atividades visitas a instituições públicas e privadas como parques ecológicos, áreas de proteção ambiental (APA), Assembleia Legislativa, Câmara de Vereadores e Tribunal de Justiça. “O próprio governador, Renato Casagrande já recepcionou nossas crianças durante uma visita pública, no Palácio Anchieta”, completa.
 
Carla Belizária
Foto:  Divulgação/38º BI
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook  


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: