Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


07/06/2013 às 10:50 - TV chinesa acompanha Segundo Tempo para especial da Copa 2014  

A maior empresa de comunicação da China, a Televisão Central Chinesa (CCTV),  iniciou no Brasil a produção de um especial sobre a Copa do Mundo de 2014.  Para a produção de matéria que aborda o esporte como ferramenta de transformação social, foi escolhido o futebol praticado por 800 alunos carentes do Programa Segundo Tempo/Forças no Esporte, do Grupamento dos Fuzileiros Navais e do Clube do Rocha (Exército), em Brasília.
 
As gravações foram realizadas na manhã desta quinta-feira (06.05). Logo cedo, às 8h30, o Clube do Rocha abriu as portas para o repórter chinês Li Xiangyang e sua equipe de filmagem, da Produtora Lliminnati. No local foram gravadas imagens sobre a rotina dos benefícios recebidos por 500 jovens em situação de risco social que moram em Luziânia, São Sebastião, Paranoá e Itapuã. “Registramos a garotada assistindo a aulas de inglês e reforço escolar, na oficina de danças do ventre e popular, e praticando futebol”, explicou Li Xiangyang.
 
Depoimentos de pais de alunos, o transporte dos estudantes em ônibus do Exército, e o acompanhamento de um deles da saída de sua casa em Luziânia (GO), passando pela escola e chegando ao núcleo, no Clube do Rocha, também foram registrados.
 
Depois foi a vez de a equipe de reportagem visitar as instalações do Grupamento dos Fuzileiros Navais, onde captaram imagens de 300 alunos moradores da  Vila Planalto, Telebrasília e Varjão. Os registros foram feitos no horário do almoço, com imagens que envolvem desde a produção das refeições até a alegria da garotada ao deparar com a grande variedade de alimentos saudáveis presentes no prato.
 
Os profissionais também filmaram os serviços de saúde oferecidos a crianças e adolescentes. “Fizemos imagens de alunos em cadeira de dentista e atendidas no consultório pelo pediatra e clínico geral”, informou Norma Engel, jornalista brasileira responsável pelas gravações da equipe chinesa no Brasil.
 
Li Xiangyang disse estar impressionado com o a Segundo Tempo e com as mudanças que o programa faz na vida de jovens carentes. “Achei um projeto muito bom. É um exemplo que deveria ser adotado e seguido por muitos países no mundo”, elogiou o repórter chinês.
 
Segundo Tempo/Forças no Esporte
A parceria dos ministérios do Esporte e da Defesa contempla 12 mil alunos em 150 núcleos implantados em quartéis da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, distribuídos em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. O objetivo é fornecer condições para os estudantes superarem a exclusão social, utilizando o esporte como ferramenta. As atividades acontecem no período oposto ao ensino regular dos estudantes. 
 

Carla Belizária
Foto: Francisco Medeiros
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook 


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: