Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


12/12/2012 às 16h46 - UFMG divulga resultados parciais de chamadas públicas do Pelc e do Vida Saudável


A Escola de Educação Física da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) divulgou em seu site o resultado parcial dos chamamentos públicos para os cargos de formadores e de coordenadores regionais dos sistema de formação de agentes sociais e de monitoramento e avaliação dos programas Esporte e Lazer da Cidade (Pelc) e Vida Saudável. Conforme editais lançados pelo Ministério do Esporte e pela UFMG, são oferecidas dez vagas, cinco para cada categoria de bolsista.
 
A seleção no sistema de formação prevê a realização de três etapas, dentre as quais duas já foram efetivadas e tiveram os resultados disponibilizados: seleção de currículos e melhores projetos de formação. Os locais de realização da terceira etapa, a de entrevista com os candidatos, serão divulgados em breve. No caso da seleção para sistema de monitoramento e avaliação são previstas duas fases. A primeira, entrega de currículos, já foi cumprida. A data da segunda, de entrevistas, também será divulgada nos próximos dias.

O Sistema de Formação do Ministério do Esporte trabalha com a capacitação de todos os agentes sociais do Pelc e do Vida Saudável (módulos introdutório e avaliação I e II), que são desenvolvidos no decorrer da implantação e desenvolvimento das ações. O sistema foi criado em 2003 e desde 2010 é realizado em parceria com a UFMG. Neste ano, o programa está sendo ampliado com mais cinco vagas para atender projetos selecionados no último chamamento público, realizado em julho.

Atualmente, o Sistema conta com 20 formadores. As cinco novas vagas oferecidas atenderão às necessidades das Regiões Nordeste (Ceará, Maranhão, Piauí ou Rio Grande do Norte), Sul (Paraná) e Centro-Oeste (Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso ou Mato Grosso do Sul). Os formadores deverão estabelecer contato direto com as instituições que desenvolvem o Pelc e o Vida Saudável nessas regiões, realizando o acompanhamento pedagógico e auxiliando nos módulos de formação. O formador terá direito a uma bolsa no valor de R$ 3 mil, do qual ainda será descontado o Imposto de Renda.

A seleção de bolsistas do Sistema de Monitoramento de Avaliação do Pelc e do Vida Saudável prevê cinco novas vagas para coordenadores regionais: duas para a Região Nordeste, uma para a Norte e a Centro-Oeste, uma para a Sul e uma para a Sudeste. Os selecionados atuarão nos projetos a fim de atender à demanda da equipe gestora dos programas na área de convênios, tanto de forma presencial quanto virtual.

Entre as atribuições dos coordenadores estão: realização de estudos sobre o processo didático e pedagógico para posterior aplicação nos núcleos de atendimento; acompanhamento das atividades de execução e formação dos agentes sociais que irão atuar nos núcleos em âmbito regional; construir, embasar e implementar elementos de avaliação do Pelc e do Vida Saudável. O valor bruto da bolsa para coordenador regional é de R$ 4 mil, sem desconto do Imposto de Renda.
 

Carla Belizária
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook