Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


19/03/2012 às 08h10 - Pelc – Vida Saudável realiza Baile de Máscaras para idosos de Garibaldi (RS)


Se o bailão é o assunto do momento, não dá outra. O clima que se instala é de expectativa, principalmente para os denominados dançarinos pés de valsa. Em Garibaldi, cidade gaúcha distante 106 quilômetros da capital Porto Alegre, o pessoal da terceira idade se prepara para participar do 1º Baile de Máscaras do Programa Esporte e Lazer da Cidade (Pelc-Vida Saudável). A festa será realizada  na próxima quinta-feira (22.03), a partir das 14h, no Salão Comunitário do Bairro Bela Vista.

O baile é uma iniciativa da prefeitura parceira do Pelc por meio da secretaria de Esportes e Lazer. “A ideia de criar um baile de máscaras foi em atendimento a sugestão dos contemplados, durante uma confraternização de fim de ano”, explica o secretário de Lazer, Ivanês Zappaz, ao ressaltar que alegria e preferência pela dança fazem parte da tradição gaúcha.

Entre os 500 beneficiados pelo Pelc-Vida Saudável no município, 200 já garantiram a participação no baile. Entre eles estão 25 casais que frequentam a oficina de dança de salão, com foco nos ritmos gauchesco e italiano. A expectativa é que esse número aumente, já que a festa será aberta a toda a comunidade.

Quem não providenciou sua própria máscara, não ficará a ver navios. É que, além da oficina de dança, outra oficina do Pelc, a de artesanato, exerce papel de grande importância no evento. “Os participantes do baile ganharão máscaras que estão sendo confeccionadas por nossas artesãs”, informa a coordenadora-geral, Fabiana Bilger.

A agricultora Lurdes Portolini, 57 anos, é uma das presenças garantidas no baile de máscara. Moradora da comunidade rural de Marcorama, onde funciona um dos seis núcleos do Pelc, ela afirma que frequentar o programa fez a diferença em sua vida. “Trabalhei por toda a minha vida, enfrentando sol e chuva, no cultivo de uvas e hortaliças, para criar meus filhos. Hoje, a alegria de conviver com minhas amigas fez com que sumissem até as dores nos braços, que sempre senti.”

Aposentada e viúva, Maria Feccneli, 63 anos, conta que, antes da chegada do Pelc, sua rotina estava limitada aos afazeres domésticos e à criação dos netos. “Antigamente eu não me sentia útil. Mas agora eu faço atividades como ginástica, alongamento e caminhada orientada. Sinto-me bem melhor,” conta, ao afirmar que não perderá a oportunidade de dançar no baile.

No baile será servida aos idosos do Pelc uma alimentação leve, que inclui sucos e lanche. Ônibus serão disponibilizados nos bairros e nas comunidades do interior para que todos participem da festa, que se encerra às 17h.

O Pelc-Vida Saudável atende a pessoas com idade a partir de 45 anos. Entre os benefícios assegurados está o estímulo à convivência social, o que contribui para que os idosos tenham acesso a esporte e lazer gratuitos e a uma vida com mais qualidade.

Carla Belizária
Foto: Divulgação
Ascom – Ministério do Esporte 
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook