Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


23/01/2012 às 18h25 - Ministério do Esporte capacita profissionais do Pelc/Pronasci em Rio Branco


Cerca de 70 pessoas entre gestores, professores (agentes sociais) e lideranças comunitárias foram capacitadas pelo Ministério do Esporte para atuar junto a 3,2 mil jovens que serão contemplados no Programa Esporte e Lazer da Cidade (Pelc) na capital acreana, Rio Branco. O programa conta com a vertente diferenciada do Pronasci e beneficiará, com a oferta de atividades esportivas, culturais e de lazer, jovens com idade até 24 anos em situação de risco social e também suas famílias.

A capacitação, realizada no Colégio Acreano, durou quatro dias. De 17 a 20 de janeiro os profissionais participaram da “Formação Inicial – Módulo Introdutório”. O treinamento contou com uma extensa programação, em que foi abordada a metodologia do Pelc/Pronasci e ainda o reconhecimento dos locais onde serão implantados os oito núcleos de atendimento do convênio com a prefeitura de Rio Branco.

“Essa parceria tem todas as condições para desenvolver um excelente trabalho, tendo em vista os equipamentos a que dispõe”, afirmou Ana Elenara Silva Pintos, coordenadora-geral de Estudos e Pesquisa do Ministério do Esporte. A servidora citou como exemplo a infraestrutura para a prática de atividades esportivas, de lazer, culturais e de contemplação que visitou, como o Parque Capitão Ciríaco e o Centro Cultural Lydia Hammes, no bairro Aeroporto Velhas, onde passarão a funcionar os núcleos.

Outro momento importante da capacitação foi quando os formadores Evilásio Martins e Khellen Pires discutiram o Pelc/Pronasci como ferramenta de transformação social. A ideia central foi abordar junto à equipe a implementação do programa para promover a mudança da realidade local do município que, mesmo dispondo de rica infraestrutura de equipamentos, tem carência de atividades de lazer para a juventude.

O Pelc já funcionou em Rio Branco, em 2008, ao assegurar o esporte e o lazer para todas as faixas etárias entre crianças, adolescentes, adultos, idosos e pessoas com deficiência. Agora, o desafio é implementar o programa para o público jovem e suas famílias.

Aos novos beneficiados do Pelc será oferecido atletismo, basquete, caminhada monitorada, capoeira, futebol society, de areia e salão, judô, jiu-jitsu, caratê, kung fu, natação, taekwondo e jogos de tabuleiros (dama, xadrez e dominó). Além da leitura e do cinema itinerante, as turmas contarão com as danças tradicionais do Carimbó e da Marujada.

Autogestão
Durante a formação houve assinatura do Termo de Ajuste de Conduta do Pelc/Pronasci pela diretora-presidente da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), Eurilinda Figueiredo. A ação, que visa à implementação do Conselho Gestor do Programa, terá a tarefa de buscar alternativas de autogestão. Para ela, o projeto tem um grande potencial e pode seguir com seus próprios passos. “Por seu caráter cidadão, o Pelc deve ser abraçado por todas as secretarias da prefeitura, inclusive pode ser mantido após o término dessa edição”, assegurou.


Carla Belizária
Foto: Divulgação
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook