Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias


24/08/2009 às 17h15 - Ministério do Esporte compartilha políticas públicas com países da América Latina


A secretária Nacional de Desenvolvimento do Esporte e do Lazer (SNDEL), Rejane Penna Rodrigues abriu, nesta segunda-feira (24), na Academia de Tênis de Brasília, a Reunião Internacional de Políticas Públicas Integradas da área. O encontro terá duração de três dias, e tem como objetivo unir esforços para alcançar o desenvolvimento social e humano dos países envolvidos.

“A integração sul-americana parte do princípio de que a política do governo brasileiro nas áreas de educação, esporte e lazer é universalista”, afirmou a Rejane Penna. De acordo com a secretária “essa integração trará, com certeza, maior desenvolvimento para os povos latino-americanos”.

Participam da reunião diferentes agentes institucionais. São pesquisadores, educadores e gestores especialistas da Argentina, Colômbia, Uruguai, Paraguai, Chile, Estados Unidos e do Brasil. Durante o encontro eles vão debater a criação de uma Rede Latinoamericana de Políticas Públicas Integradas de Educação, Esporte e Lazer, com a participação dos ministérios do Esporte e da Educação, e com o apoio da Organização dos Estados Iberoamericanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI).

“É um desafio muito grande fazer política intersetorial. São metas embasadas na desigualdade social e se constituem na criação de um projeto pensado conjuntamente trazendo o lazer como prioridade de todos”, declarou Jaqueline Mool, representante do Ministério da Educação. Segundo ela, a criação da rede é muito importante porque é um momento em que serão compartilhadas práticas esportivas diferenciadas. “Aqui iremos construir a perspectiva de educação integrada”.

Outra proposta apresentada na reunião é a organização de um seminário relativo ao tema Educação, Esporte e Lazer. O evento será realizado em 2010, envolvendo todos os países da América Latina.

“É uma alegria muito grande compartilhar um tema tão importante. Na verdade iremos tratar de uma mudança de cultura porque o lazer é conhecido como ocupação de tempo livre. Temos que mudar essa visão”, disse Ivana Siqueira, diretora no Brasil da OEI.

Ivana Siqueira destacou que experiências realizadas por todos os envolvidos poderão contribuir bastante para essa nova fase. Ela contou que a organização fez recentemente um acordo com a Fundação Futebol Clube de Barcelona. A experiência da entidade está sendo trazida para dentro das escolas brasileiras que desenvolvem o projeto Mais Educação. “Cinco duplas de estudantes levaram para Barcelona suas experiências e discutiram valores com outros jovens”, explicou.

Carla Belizária
Foto: Francisco Medeiros
Ascom – Ministério do Esporte