Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

20/03/2012 às 19h32 - Brasil participa do Simpósio para Organizações Antidoping, na Suíça  

O diretor de Alto de Rendimento do Ministério do Esporte, Marco Aurelio Klein, representa a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), nesta terça e quarta-feiras (20 e 21.03), no Simpósio para Organizações Antidoping, promovida pela Agência Mundial Antidopagem (Wada, na sigla em inglês) em Lausanne, na Suíça.

Participam do encontro os comitês Olímpico e Paralímpico internacionais, os comitês olímpicos nacionais, as agências antidoping de diversos países e as federações internacionais das modalidades esportivas.

No encontro, os trabalhos são divididos em grupos para debater os assuntos abordados nas palestras. O governo brasileiro está no grupo 6, junto com as ABCDs do Reino Unido, Catar, Noruega, Rússia, Lituânia, Coréia e Bulgária, além da Federação Internacional de Judô, Federação Europeia de Handebol, Federação Internacional de Natação, Conselho Internacional de Rúgbi e outras entidades das modalidades que não estão no programa olímpico.

“A agenda é intensa, com várias apresentações durante o dia e um trabalho de grupos que deve ser desenvolvido em relação a uma das apresentações do simpósio, sobre como as organizações antidoping podem trabalhar melhor juntas”, disse Klein.

O diretor-geral da Wada, David Howman, abordou em sua apresentação o tema “Os principais desafios da luta antidoping”. Outros tópicos abordados foram “Fazendo bom uso de recursos limitados”, por Frédéric Donzé, diretor da Wada na Europa; e “Otimizando recursos para um programa de testes antidoping”, citando o exemplo do trabalho realizado no esqui na montanha, por Pierre Dolo, da Federação Internacional de Esqui na Montanha, e Françoise Dagoret, da AportAccord.

Rio 2016
A presidenta Dilma Rousseff assinou, em 30 de novembro de 2011, o Decreto nº 7.630, que inseriu a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) na estrutura regimental do Ministério do Esporte. Com a medida, o Brasil cumpre o compromisso assumido durante a candidatura do Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 e atende à exigência da Agência Mundial Antidoping (Wada), que demanda a criação de um órgão específico de controle de dopagem no país.

Breno Barros
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: