Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

06/03/2012 às 17h20 - Aldo Rebelo participa de reunião de trabalho sobre as Olimpíadas Rio 2016  

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, se reuniu nesta terça-feira (06.03), no Rio de Janeiro, com a presidenta da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI), a marroquina Nawal El Moutawakel. A reunião de trabalho, sobre as ações conjuntas para a organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, aconteceu na sede do Comitê Organizador Local (COL).

Também participaram do encontro autoridades nacionais e internacionais: o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral; o prefeito carioca, Eduardo Paes; o presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO), Marcio Fortes; o presidente do COL e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman; e o diretor executivo de Jogos Olímpicos do COI, Gilbert Felli.

O ministro do Esporte destacou a importância da reunião de trabalho, a quinta desde que o Rio de Janeiro foi escolhido sede das Olimpíadas de 2016. “As ações conjuntas de todas as esferas governamentais, do COI e do Comitê Organizador Local fortalecem a confiança no sucesso dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro”, afirmou Aldo Rebelo.

Marcio Fortes lembrou que os investimentos para construir a infraestrutura são fruto de parceria entre os entes públicos: “Mais do que amizade ou relacionamento político, o que dá garantia para a execução dos projetos olímpicos é o espírito de parceria exitoso que foi consolidado com as obras do PAC”.

Ao final do encontro, o ministro anunciou que os representante do COI, que acompanham os preparativos para os jogos, serão recebidos pela presidenta Dilma Rousseff em Brasília. A audiência está marcada para a próxima quinta-feira (08.03), no Palácio do Planalto.

Parque Olímpico Rio 2016
A Prefeitura do Rio de Janeiro encerrou nesta segunda (05.03) a licitação das obras do Parque Olímpico dos Jogos de 2016. O novo parque será construído no mesmo local do Autódromo de Jacarepaguá, onde, para os Jogos Pan-Americanos de 2007, foram erguidos o Parque Aquático Maria Lenk, o Velódromo da Barra e a Arena Multiuso.

O consórcio vencedor, formado pelas empresas Odebrecht, Andrade Gutierrez e Carvalho Hosken, ofereceu R$ 1,375 bilhão pelo contrato e deverá ficar responsável pela construção das instalações esportivas do parque olímpico. As principais instalações são para judô, basquete, taekwondo, lutas, handebol, levantamento de peso, tênis, basquete e rúgbi em cadeira de rodas, judô e bocha paralímpicos, voleibol sentado e goalball.

Também haverá um parque de desportos aquáticos com parte das instalações temporárias. Os governos federal e municipal do Rio de Janeiro estão detalhando o valor exato da parcela que cabe ao poder público na empreitada, a forma de financiamento e a responsabilidade pelas obras, assim como estão discutindo a forma de gestão futura das instalações. União e prefeitura reafirmam o compromisso de construção do novo autódromo no Rio em substituição ao de Jacarepaguá.

Foto: Divulgação
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: