Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

02/02/2012 às 18h00 - Revelação do Programa Olímpico Rio-2016 faz história na Fed Cup de Tênis  

Beatriz Haddad Maia encarou seu primeiro grande desafio na carreira de tenista. A Bia, como é conhecida, se tornou nesta quarta-feira (01.02) a mais jovem atleta brasileira a disputar uma partida na Fed Cup, maior competição por equipes do tênis feminino, que é disputada no Graciosa Country Club, em Curitiba. “É um orgulho participar da equipe. Com certeza, hoje vai ser um dia que vai marcar minha vida, por jogar minha primeira Fed Cup, aos 15 anos. Eu joguei relativamente bem, estava bastante nervosa antes do jogo, mas acho que foi uma ótima experiência por ter conseguido superar essa pressão, de representar o Brasil”, expôs a empolgação a atleta.

A atleta faz parte do Programa Olímpico Rio-2016, parceria firmada entre o Ministério do Esporte e a Confederação Brasileira de Tênis (CBT) em julho do ano passado. Na ocasião, foi anunciado o repasse de R$ 2.018.865,30 para transformar a academia do técnico Larri Passos, em Camboriú (SC), em um centro de formação de atletas para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

A estreia da atleta foi contra a venezuelana Gabriela Paz. Com um jogo equilibrado no primeiro set, a venezuelana acabou vencendo o tie-break. No segundo, Bia teve dificuldades para manter o ritmo e terminou perdendo por 7/6, 7/3 e 6/2, com o tempo de 1h46min.

O capitão da equipe brasileira, Eduardo Frick, ressaltou a determinação da jovem atleta. “Tivemos a felicidade de entrar com a Bia. Ela deu uma motivação bem legal, mostrando que quer jogar. A atleta fez por merecer, lutou, fechou o punho, teve dedicação, se empenhou. Não deu, tudo bem, isso é o jogo de tênis”, diz.

A antiga marca de atleta brasileira mais jovem a disputar a Fed Cup pertencia à tenista Claudia Faillace, que disputou o torneio com 16 anos. Na disputa desta quinta-feira (02.02), a equipe brasileira, composta por Bia Haddad Maia, Roxane Vaisemberg, Vivian Segnini e Ana Clara Duarte, venceu as bolivianas por 3 a 0.


Breno Barros
Foto:  divulgação/CBT
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: