Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

08/08/2011 às 15h54 - Bolsista conquista primeiro lugar no maior campeonato nacional de judô para cegos  

A capital goiana sediou no fim de semana (06 e 07.08) a primeira fase do Grand Prix Infraero de Judô para Cegos – maior campeonato da modalidade para atletas especiais. O torneio, realizado no Ginásio Rio Vermelho, contou com a participação dos melhores judocas do Brasil.

Na categoria nacional, o bolsista do Ministério do Esporte Antônio Tenório da Silva conquistou o título. Ele venceu todas as lutas por ippon, na categoria meio-pesado (-100 kg). Tenório se prepara para disputar o Campeonato Regional de Judô, com atletas regulares, no dia 27 de agosto, em São José do Rio Preto (SP), que vale vaga no Campeonato Paulista de Judô.

O judoca José Rangel Moreira, do Centro de integração da Pessoa Deficiente (Cipd), ficou com a medalha de prata, e o também bolsista do Ministério (categoria nacional), Adivanildo Fernandes de Araújo, da Associação de Pais e Amigos do Deficiente Visual (Apadevi), ganhou o bronze junto com o judoca Marco Sabino, do Centro de Emancipação Social e Esportiva de Cegos (Cesec). Eles vão representar o País nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara, em novembro, no México.

Renovação
Segundo o vice-presidente da Confederação Brasileira de Desportos para Deficientes Visuais (CBDV), Hélder Maciel Araújo, o crescimento do número de participantes mostra o avanço do esporte e traz esperança de novas revelações. “Esperamos o surgimento de novos talentos, uma vez que a seleção brasileira está passando por uma renovação e pensando nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016”, revelou o ex-judoca.

O Grand Prix de Judô em Goiânia teve a participação de 12 estados e 220 judocas – maior número da história do torneio –, sendo 26 entidades inscritas, disputando as categorias iniciante, adulto e absoluto. O evento, promovido pela CBDV, recebeu apoio do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) e da Infraero (patrocinadora oficial do judô para cegos). A parceria envolve investimento no valor de R$ 500 mil.

Cleide Passos
Foto: Divulgação
Ascom – Ministério do Esporte

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: