Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

22/06/2011 às 18h40 - Autoridades britânicas e brasileiras debatem no Rio de Janeiro o legado olímpico  

O secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Ricardo Leyser, participou nesta quarta-feira (22.06), no Rio de Janeiro, da conferência “De Londres ao Rio: Um Legado Olímpico”. O legado e a sustentabilidade dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2012 e de 2016 estiveram na pauta do encontro. O vice-primeiro-ministro britânico, Nick Clegg, chefiou a comitiva do Reino Unido que participou da reunião.

O ministro do Esporte, Orlando Silva, e o ministro britânico de Cultura, Olimpíadas, Comunicação e Esporte, Jeremy Hunt, já haviam assinado previamente um acordo de cooperação internacional. Com base nele, estudantes brasileiros poderão participar dos UK School Games (os Jogos Escolares do Reino Unido) e estudantes ingleses vão disputar as Olimpíadas Escolares no Brasil.

Esse acordo faz parte de um memorando de entendimento entre os governos brasileiro e britânico, assinado em 2009, que estabelece intercâmbio de ações entre os dois países para compartilhar experiências relativas aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos. O evento na prefeitura carioca serviu ainda para trocar informações nas áreas de acessibilidade e design urbano.

Para Ricardo Leyser, a assinatura do documento é um passo importante para o legado social e esportivo dos Jogos. “Os jovens atletas brasileiros e britânicos, ao participar desse intercâmbio entre os Jogos Escolares do Reino Unido e as Olimpíadas Escolares no Brasil, terão mais oportunidades de assimilar os valores passados pelo esporte”, disse o secretário.

"Arena do mundo"
O vice-primeiro-ministro britânico afirmou que “O Rio é a arena do mundo hoje”. Segundo Leyser, essa foi uma forma de Nick Clegg expressar o reconhecimento internacional do Brasil e da cidade do Rio de Janeiro como sede de megaeventos como os Jogos Mundiais Militares no próximo mês de julho, a Copa do Mundo Fifa 2014 e os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. “Isso demonstra a centralidade que o Brasil representa atualmente”, acrescentou.

Também fizeram parte da comitiva britânica o ministro para Universidades e Ciência, David Willetts, líderes empresariais e representantes de 15 universidades do Reino Unido.

Foto: Alexandre Macieira
Ascom – Ministério do Esporte

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: