Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

28/08/2009 às 17h05 - Atletas defendem Rio 2016 durante Sul-americano de Tiro Esportivo  

Dez países da América do Sul estão reunidos no Rio de Janeiro para o 26º Campeonato Sul-americano de Tiro Esportivo. As competições começaram na última quinta-feira (27) e seguem até o domingo (30). Os 240 atletas participantes têm idade entre 15 e 81 anos e um sonho em comum: que o Rio seja cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

O brasileiro Phillip Stefan Lohans, de 17 anos, treina profissionalmente desde os 11 e já está na sua quarta convocação para Sul-americano. O entusiasmo com os Jogos de 2016 no Rio vem acompanhado de auto-confiança em sua performance para chegar a uma Olimpíada: "Estou me preparando agora para participar de Pan-americano e quem sabe poder estar nos Jogos Olímpicos no meu país em 2016", disse.

Atletas dos outros países sul-americanos participantes também se sentem em casa ao falar sobre a campanha Rio 2016. Para a atiradora colombiana Milena Alcazar, de 25 anos, a realização dos Jogos no Brasil seria uma oportunidade não apenas de buscar participação olímpica perto de casa como também de poder assistir aos Jogos pela primeira vez. Ela ficou impressionada com o local das competições do Sul-americano, o Centro Nacional de Tiro Esportivo, no Complexo Esportivo de Deodoro, zona oeste do Rio. "Já participei de competições em outros países, como da Europa e das Américas, e estou gostando muito de competir nesse centro, é grandioso e muito bom para atirar".

O Complexo Esportivo de Deodoro, instalação prevista para os Jogos Rio 2016, engloba, além do Centro Nacional de Tiro Esportivo, o Centro Nacional de Hipismo, o Centro de Pentatlo Moderno e o Centro de Hóquei sobre Grama.

Construído para os Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos Rio 2007, todo o Complexo mantém-se em uso intensivo e, com o 26º Sul-americano de Tiro Esportivo, acaba de atingir a marca de 60 eventos esportivos já realizados no local. A instalação recebeu, por exemplo, a Copa do Mundo da Federação Internacional de Tiro Esportivo (ISSF), o Campeonato Mundial de Futebol de 7 e o Campeonato Sul-americano Open de Pentatlo Moderno.

Ainda este ano, o Complexo Deodoro sediará a final da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno, que acontece em setembro. Já em 2010, Deodoro receberá os Jogos Sul-americanos de Hóquei sobre Grama e o Campeonato das Américas de Tiro Esportivo. Em 2011, será uma das principais sedes dos 5º Jogos Mundiais Militares no Rio, que reunirão no Rio aproximadamente 7 mil participantes, entre atletas e delegações, de mais de 100 países.

Nos Jogos de 2016, caso a cidade seja escolhida em 2 de outubro em Copenhague, a instalação será palco das competições de hipismo, tiro esportivo, esgrima (na Arena Deodoro prevista), pentatlo moderno, provas eliminatórias de tiro com arco e três modalidades paraolímpicas – esgrima em cadeira de rodas, hipismo e tiro esportivo –, além de treinamentos de hóquei sobre grama.

Na mesma região, no bairro de Deodoro, está prevista ainda a construção do X-Park, um centro de esportes radicais.Durante os Jogos de 2016, o parque abrigaria três modalidades olímpicas – canoagem slalom, ciclismo BMX e mountain bike, este em instalações provisórias – e, como legado, permitiria maior aproximação dos esportes olímpicos com a juventude carioca e brasileira. O bairro de Deodoro tem a maior concentração de jovens do Rio.



Priscila Novaes
Foto:Bruno Carvalho
Legenda: Jovens atletas brasileiros comemoram a realização do Sul-americano de Tiro no Rio
Ascom - Ministério do Esporte



  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: