Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

03/10/2013 às 21h28 - Aldo Rebelo visita Centro Nacional de Hipismo, no Parque Olímpico de Deodoro  

Do passo ao trote. Do trote à corrida. E sem sair do lugar. Mas acompanhado por duas especialistas da Univerisdade Federal do Rio de Janeiro, que fazem avaliação cardiorrespiratória e exames de sangue. Quem passa por esse teste, numa esteira, é um cavalo.

Isso acontece no Laboratório para Avaliação de Desempenho Equino do Centro Nacional de Hipismo, no Complexo Esportivo de Deodoro, no Rio de Janeiro. O funcionamento do laboratório é garantido por uma parceria dos ministérios do Esporte e da Defesa com as universidades federais do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, a Univerisdade Federal Fluminense, a Universidade Estadual do Norte Fluminense e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, viu os testes de um cavalo (foto) nesta quinta-feira (03.10), durante visita ao Complexo Esportivo de Deodoro. “O trabalho realizado neste laboratório atesta a seriedade com que o esporte é feito no Brasil e o esforço do país para garantir todas as condições de saúde aos animais nacionais e aos que vêm de outros países disputar competições aqui”, disse o ministro.

Além da esteira, o laboratório tem equipamentos de bioquímica para avaliação de desempenho e acompanhamento da saúde dos animais e produção de estudos para aperfeiçoamento dos métodos de treinamento e desenvolvimento equino. O Centro Nacional de Hipismo também tem um hospital em condições de realizar cirurgias.

Parque Olímpico
O Complexo Esportivo de Deodoro foi construído para os Jogos Pan-Americanos e Parapan-Americanos de 2007 pelos ministérios do Esporte e da Defesa. Agora, estão sendo feitas adaptações para que, nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016, seja sede das prova de hipismo, pentatlo moderno, tiro esportivo, hóquei sobre grama, rúgbi de sete e a disputa preliminar do basquete. O complexo também vai sediar as disputas paraolímpicas de hipismo, futebol de sete, tiro esportivo e esgrima em cadeira de rodas.

Em área vizinha ao complexo, no Parque Radical – também chamado de “X Park” – serão disputadas as provas olímpicas de canoagem slalom, ciclismo BMX e ciclismo mountain bike.

Judô e atletismo
Desde 2009, o Complexo Esportivo de Deodoro é referência também no judô. Naquele ano, foi inaugurado um ginásio novo e equipado, como parte do programa Brasil Vale Ouro, executado pela Vale em parceria com os ministérios do Esporte e da Defesa. O espaço é o centro de treinamento da Federação de Judô do Rio de Janeiro e foi palco, em agosto, do Campeonato Brasileiro sub-23.

O Brasil Vale Ouro inclui a construção de uma pista de atletismo em condições de receber qualquer tipo de competição e de alojamentos para 200 pessoas em dois prédios de apartamentos.

Fernando Guedes, do Rio de Janeiro
Foto: Fernando Guedes
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: