Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

27/08/2013 às 16h00 - Atletas do hipismo destacam importância de clínica com técnico francês  

Aprimorar a técnica e adquirir experiência. Esses foram os principais benefícios apontados pelos cinco jovens atletas do hipismo que participaram da clínica com o técnico francês Jean-Maurice Bonneau, que terminou neste domingo (25.08), na Sociedade Hípica de Brasília. A fase de treinamentos integrou a preparação do grupo para o Campeonato Americano e Sul-Americano da Juventude, que será em setembro, na Argentina.

A clínica foi uma das ações possibilitadas por um convênio entre o Ministério do Esporte e a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), que visa ao desenvolvimento da modalidade no Brasil e tem entre os objetivos a preparação e a formação de equipes de base. “Foi uma experiência única! O Jean-Maurice nos ensinou bastante sobre o trabalho dele, que é muito focado no salto, na postura. Foi uma oportunidade única e muito proveitosa”, destacou o atleta Ricardo Bastos, que aos 16 anos representará o Brasil na disputa na categoria pré-junior.

O treinador Jean-Maurice Bonneau é ex-cavaleiro e competiu em alto nível entre os anos de 1987 e 1996, integrando a equipe da França. Como treinador, ele acompanhou a conquista do ouro por equipes e a prata individual no Mundial de 2002 da seleção francesa, a prata por equipes no Campeonato Europeu de 2003 e a Copa do Mundo da modalidade, em 2004. Ele também comandou a equipe brasileira de saltos nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. “Até a competição vou dar uma boa estudada em tudo o que ele falou e ver como posso aproveitar”, completou Ricardo.


A atleta Samanta Tiveron também representará o país na Argentina. Aos 14 anos, ela é bicampeã brasiliense e vice-campeã americana individual e por equipes e representará o Brasil no Campeonato Americano e Sul-Americano da Juventude na categoria mirim. Segundo ela, a participação na clínica será fundamental para buscar um bom resultado na prova. “O Jean-Maurice Bonneau é um técnico renomado. Ele conhece o nível dos atletas lá fora e sabe o que estamos procurando e onde queremos chegar. Foi fundamental para corrigirmos alguns erros e acredito que o resultado disso vai ser muito bom”, disse Samanta.

Mais do que fundamentos técnicos, a atleta Siew Chiang, que competirá na categoria mirim, destaca que promover clínicas como essa é importante para que jovens atletas tenham novas experiências e conheçam provas e treinamentos de nível internacional. “Essa é a primeira oportunidade que tenho de treinar com uma pessoa tão experiente. Aprendi bastante e estou saindo da clínica mais confiante para buscar o título na Argentina”, afirmou.

Também participaram da fase de preparação os atletas Gilberto Keiji Haraguchi Junior e Iury Guimarães Borges, que competirão na equipe Pré-Júnior.

Investimento
Para este ciclo olímpico, o Ministério do Esporte firmou três convênios no valor total de mais de R$ 6,4 milhões com a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) que atenderão ao treinamento das equipes de salto, adestramento e concurso completo de equitação (CCE). Além da contratação de técnicos estrangeiros e a realização de clínicas no Brasil para as três disciplinas, o convênio prevê a estruturação de uma comissão técnica permanente (auxiliar técnico, treinador, veterinário, psicólogo, preparador físico e gerente técnico), ajuda de custo aos atletas para a manutenção dos cavalos, participação em provas internacionais, serviços de apoio aos atletas na Europa e participação em provas internacionais de alto nível. Os recursos também irão subsidiar a formação dos conjuntos de cavaleiro e cavalo, incluindo equipes de base.


Paula Braga
Foto: Ivo Lima
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: