Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

19/08/2013 às 10h50 - Doda Miranda conquista nona etapa do maior circuito hípico do mundo, na Holanda  

O cavaleiro brasileiro Doda Miranda venceu o Grande Prêmio do CSI5* de Valkenswaard, válido pela nona etapa do maior circuito hípico do mundo. Com AD Rahmannshof`s Bogeno, o cavaleiro olímpico fez uma prova espetacular fazendo três pistas limpas em 40s48. No desempate, o Brasil garantiu o lugar mais alto do pódio. O conjunto francês Simon Delestre / Olassic Bois Margot ficou com a segunda posição, também sem faltas, em 44s48. Com uma falta no desempate, o holandês Gergo Schröder e London chegaram em terceiro, com o tempo de 41s33.

Com o resultado, Doda Miranda assumiu a quinta posição no ranking do GCT, com 162 pontos. A americana Laura Kraut é a primeira colocada com 187 pontos, seguida por Christian Ahlmann, 185, Luciana Diniz, 166, e Ludger Beerbaum, 163.

O GP de Valkenswaard contou com a participação de 48 conjuntos e apenas cinco conseguiram completar os dois percursos com obstáculos 1.60m sem faltas e partiram para o desempate. Doda Miranda liderou a prova do começo ao fim sendo sempre o mais rápido em todas as voltas. Último a entrar no desempate, o brasileiro sabia que precisava bater o tempo de Simon Delestre para conquistar o título. Doda e AD Rahmannshof`s Bogeno foram perfeitos ao finalizarem o percurso com exatos quatro segundos a menos que o francês e aí foi só comemorar.

Mais cedo, o brasileiro foi o sexto colocado na prova a 1.50m ao cronômetro. Com AD Uutje, Doda finalizou o percurso sem faltas com o tempo de 58.33s. O primeiro lugar ficou para o conjunto americano Reed Kessler/Soraya de l`Obstination com pista limpa em 55.99s. A segunda colocação foi do conjunto francês Patrice Delaveau/Quenndal de Lojou HDC (0.00/58.86s) e o cavaleiro alemão Hans-Dieter Dreher/Colore ficou com a terceira posição (0.00/57.04s).

Investimento no hipismo
O Ministério do Esporte firmou três convênios com a CBH em 2013 para ajudar na preparação das seleções permanentes de salto, adestramento e concurso completo de equitação (CCE) para as principais competições internacionais dos próximos anos, em especial as Olimpíadas do Rio. Em 2011, o Ministério aportou R$ 105 mil para ajudar a participação do Brasil no Mundial de Cavalos Novos, na Bélgica.

O repasse de R$ 1.659.294,32 para a seleção de salto será voltado para o custeio de participações em torneios estrangeiros, com destaque para o Campeonato Americano e o Sul-Americano da Juventude, na Argentina. O montante subsidiará a formação de 13 conjuntos que vão compor três equipes, incluindo a de base. Para o CCE, a verba é de R$ 1.842.013,74, também dirigida à participação em três competições fora do país, de alto nível, e à formação de 13 conjuntos que formarão três equipes, incluindo a de base. O adestramento receberá R$ 2.993.569,70 para ir a três competições internacionais. Serão compostos 16 conjuntos que darão origem a quatro equipes, incluindo a de base.
 
Os convênios são resultados de chamada pública lançada pelo Ministério em agosto de 2012. A CBH apresentou as propostas, cumpriu todas as etapas e procedimentos, entregou a documentação requerida e teve os projetos aprovados.

Fonte: CBH
Foto: Stefano Grasso / GCT
Ascom – Ministério do Esporte

Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: