Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

03/07/2013 às 11h30 - Parceria entre Rio 2016 e Sebrae promove qualificação de micro e pequenas empresas  

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e o Sebrae assinaram nesta terça-feira (02.07) acordo de cooperação técnica para o desenvolvimento de micro e pequenas empresas de todo o país. O objetivo do projeto “Sebrae No Pódio” é qualificar potenciais fornecedores do Rio 2016 para atender as demandas do evento, contribuindo para fomentar de modo sustentável as cadeias produtivas nacionais.
 
Oportunidade única de crescimento para empresas de todos os portes, os Jogos Rio 2016 demandam uma ampla gama de produtos e serviços das mais diversas áreas, criando oportunidades de negócios antes, durante e depois do evento. Para auxiliar as empresas brasileiras a se qualificarem e buscarem um novo patamar de competitividade, maximizando as possibilidades de contratações do Comitê no mercado, o Rio 2016 estruturou uma série de ações, como a parceria com o Sebrae, a serem desenvolvidas ao longo dos próximos anos.
 
“Assumimos o compromisso de ajudar as empresas brasileiras nesta caminhada para atender ao alto padrão das demandas olímpicas e paraolímpicas. A excelência técnica e a transparência, aliadas à preocupação com a sustentabilidade em todas as etapas do nosso projeto, são nossos princípios básicos no planejamento da contratação de bens e serviços. A parceria com o Sebrae será fundamental para garantir que estamos todos no mesmo caminho”, afirmou o diretor-geral do Rio 2016, Sidney Levy.

O trabalho com os fornecedores em parceria com o Sebrae ocorrerá em duas frentes distintas: no desenvolvimento de MPE para fornecimento direto ao comitê e na qualificação das empresas para o encadeamento produtivo - ou seja, subcontratação ou participação da cadeia produtiva de grandes contratações do Rio 2016. O encadeamento produtivo se dará através de rodadas de negócio do Sebrae com o Rio 2016, a empresa contratada e MPE potenciais para subcontratação.
 
As categorias iniciais serão gráfica, lavanderia, uniformes e módulos habitacionais, entre outras que serão priorizadas de acordo com o cronograma de compras do Rio 2016 e requerimentos de sustentabilidade.
 
“O acordo de cooperação técnica entre o Rio 2016 e o Sebrae será um importante instrumento para alavancar as micro e pequenas empresas de todo o Brasil para atenderem critérios de alto padrão de sustentabilidade e participarem ativamente da cadeia de suprimentos dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos”, afirma diretor de Suprimentos do Rio 2016, Fernando Cotrim. “Acreditamos que os Jogos são uma excelente oportunidade para estimular mercados menos desenvolvidos no Brasil. Nesse sentido, através da parceria, pretendemos incentivar o empreendedorismo, que consideramos uma importante alavanca de crescimento para o país”.
 
“Por meio do ‘Sebrae No Pódio’, as micro e pequenas empresas de todo país terão a oportunidade de se tornarem potenciais fornecedoras de produtos e serviços para o Rio 2016.  O Sebrae vê nessa parceria o início de um legado que os Jogos Olímpicos e Paralímpicos deixarão como incentivo à competitividade das MPE”, afirmou coordenador do projeto “Sebrae No Pódio”, Francisco Marins.  
 
O orçamento do Comitê Organizador Rio 2016 prevê aproximadamente R$ 3 bilhões em compras até 2016, conforme descrito no dossiê de candidatura. A maior parte dos processos de concorrência - 95% dos gastos - acontecerá entre 2013 e 2015.
 
Fonte: Rio 2016
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook 

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: