Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

13/05/2013 às 15h30 - Escola Naval será a base da vela do Time Brasil para o Rio 2016  

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e a Escola Naval assinaram nesta segunda-feira (13.05) convênio para transformar o local em base de treinamento para quatro modalidades olímpicas até os Jogos Rio 2016: vela, nado sincronizado, polo aquático e tiro esportivo. A Escola Naval disponibilizará suas instalações já existentes (garagens para barcos, refeitório, alojamento, centro médico, academia, depósitos, etc).

O COB, por sua vez, fará um investimento de R$ 350 mil, somente em 2013, para modernizar a Sala de Força e Condicionamento, a base náutica, as acomodações e o parque aquático, bem como em capacitação de pessoal e contratação de treinadores estrangeiros.

“É uma alegria muito grande participar da assinatura deste convênio, pois com a estrutura da Escola Naval essas modalidades poderão se preparar melhor para a disputa dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A importância da Marinha do Brasil nesse convênio é enorme. Os atletas terão as melhores condições para treinar, e serão diretamente beneficiados para realizar seu trabalho com tranquilidade“, disse o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman.

Segunda modalidade que mais conquistou medalhas para o Brasil em Jogos Olímpicos, a vela terá outras vantagens. Durante o período de pré-Jogos e Jogos Olímpicos Rio 2016, a Escola Naval será base exclusiva para a preparação da equipe brasileira de vela, a “Base Brasil”. A área náutica da Escola Naval será remodelada e ganhará uma nova cobertura para a proteção de equipamentos em relação ao clima, além de novas rampas e guindastes para barcos. O local servirá para o armazenamento de barcos, botes, motores, mastros, velas e todos os equipamentos da flotilha, prevista em aproximadamente 50 barcos.

“A Marinha tem nos ajudado muito, desde 2004. Fornecem ao COB uma das ciências do esporte mais importantes utilizadas pelo Time Brasil, com informações sobre clima e ventos, por exemplo. A Escola Naval está localizada no coração dos Jogos Rio 2016, e vamos aproveitar isso da melhor forma. Além de toda a estrutura oferecida no local, estamos adquirindo, por meio dos recursos da Lei Agnelo/Piva, dois barcos novos para cada classe olímpica, em um investimento de R$ 1,33 milhão”, ressaltou Marcus Vinicius Freire, Superintendente Executivo de Esportes do COB.


As equipes de nado sincronizado e polo aquático terão prioridade para treinamento nas piscinas da Escola Naval e realização de suas preparações finais para o Rio 2016, além de usufruir de toda a infraestrutura do local.

“Fomos procurados por Comitês Olímpicos de diversos países, como Estados Unidos, Austrália, Grã-Bretanha, Canadá e China, mas sempre daremos prioridade ao COB e ao Time Brasil. É uma grande satisfação celebrar esse convênio, visando auxiliar o desempenho dos atletas brasileiros. A Marinha se orgulha de fazer parte desse esforço”, ressaltou o Contra-Almirante Antônio Carlos Soares Guerreiro.

Cinco vezes medalhista olímpico pelo Brasil, Torben Grael esteve presente à cerimônia, ao lado da filha Martine, e comemorou a assinatura do convênio: “Era tudo o que a gente precisava. Ter a Escola Naval como centro de treinamento é um ganho significativo para a vela. Estaremos praticamente dentro da raia olímpica. O local tem uma grande estrutura. Essa localização vai ser muito benéfica para o Time Brasil, e a compra dos barcos permitirá que os atletas já iniciem os treinamentos em alto nível”, afirmou Torben, apoiado pela filha. “Teremos tudo no mesmo lugar. Local de treinamento, academia, refeitório, fisioterapia e descanso. A vela precisava desse centro de treinamento. A Escola Naval é um local muito privilegiado, e isso vai potencializar nossos treinos”, encerrou Martine.

Fonte: COB
Foto: Rafael Bello/Acervo COB

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: