Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

20/02/2013 às 16h20 - COI ressalta avanços nos projetos dos Jogos Rio 2016  

A presidente da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI) para os Jogos do Rio 2016, a marroquina campeã olímpica Nawal El Moutawakel, destacou, na tarde desta quarta-feira (20.02) na capital fluminense, que os cronogramas estabelecidos para os Jogos estão em dia e que tem certeza de que o projeto dos Jogos é de importância nacional para o país. “Começamos a semana assistindo ao carnaval e observamos avanços sólidos nos projetos dos Jogos. Recebemos muitas informações detalhadas e constatamos muitos avanços, como no Maracanã, no porto e na nova sede do Comitê. Nos reunimos com os três níveis de governo e observamos que eles têm enorme paixão pelos Jogos Olímpicos”, disse, ao final do 4º Encontro da Comissão para os Jogos.

Nawal destacou a complexidade de trabalhar com múltiplos projetos ao mesmo tempo, para entregar as instalações esportivas a tempo das Olimpíadas. “Na última vez que estivemos aqui, durante a reunião em junho, identificamos mais de 200 projetos em andamento. É difícil administrar simultaneamente todos eles para que fiquem prontos ao mesmo tempo. É por isso que todas as partes envolvidas estão trabalhando todos os dias nesse objetivo de entregar o projeto de tamanha magnitude”, acrescentou.

A comissão ficou satisfeita ao identificar que o Comitê Organizador Local adotou uma série de lições aprendidas com os Jogos de Londres, aplicando-as de acordo com a realidade brasileira. O apoio governamental também foi elogiado pela Comissão, após o início de reuniões regulares entre os comitês organizadores de cada um dos três níveis de governo, lideradas pela presidenta da República, Dilma Rousseff. 

Sobre os locais das competições, o presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, frisou que os locais estão definidos e que eventuais modificações ficam a cargo das federações internacionais.

    Nawal El Moutawakel e Carlos Arthur Nuzman ao final do 4º Encontro da Comissão

“Apresentamos para o presidente da Federação Internacional de Rúgbi a nossa intensão de levar a modalidade para Deodoro. Ele visitou o local, gostou muito, e solicitou que fosse apresentado o projeto para o comitê executivo da entidade. O hóquei sobre a grama será em Deodoro, onde já foi definido há algum tempo. Em relação aos saltos ornamentais, a Federação Internacional da modalidade solicitou que o Parque Maria Lenk fosse utilizado somente para o polo aquático. Nós apresentamos a possiblidade de fazer no Forte de Copacabana uma instalação temporária. Eles adoraram, como se fosse um ícone semelhante ao do Barcelona.”

A Federação Internacional de Basquete solicitou ao Comitê Organizador uma segunda instalação, com menor capacidade, para abrigar as partidas classificatórias. O comitê apresentou a possibilidade de levar a modalidade para Deodoro, além da Arena da Barra. As partidas de futebol de 7 dos Jogos Paraolímpicos também serão disputadas no local.

Na saída da reunião, o governador do estado, Sérgio Cabral, ressaltou que a proximidade dos Jogos Rio 2016 faz com que as reuniões de planejamento tenham cada vez mais foco nos detalhes. “Da última reunião para esta, nós avançamos significativamente. É claro que agora, cada vez mais, iremos verificar os detalhes, cada ponto que devemos avançar, principalmente pela diversidade de tarefas que são atribuídas às três esferas do governo e ao Comitê Organizador. O saldo é positivo e a fala de todos os membros do COI é de reconhecimento do nosso trabalho”, disse, ao lembrar que a capital fluminense tem a confiança dada pelo COI, pois a cidade recebeu a maior votação na história da escolha de uma sede olímpica.  

Histórico das visitas do COI
A cidade do Rio de Janeiro foi anunciada como sede oficial dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016 no dia 2 de outubro de 2009. A Comissão de Coordenação do COI foi criada em janeiro de 2010, e realizou a primeira visita em maio do mesmo ano. O segundo acompanhamento na capital fluminense foi em junho de 2011 e o terceiro em junho de 2012.  A partir de agora até a cerimônia de abertura dos Jogos, as visitas serão realizadas duas vezes ao ano.

Em todas as edições dos Jogos Olímpicos, o COI forma uma Comissão de Coordenação que realiza visitas periódicas à cidade-sede com o objetivo de auxiliar o trabalho do Comitê Organizador e monitorar o desenvolvimento do projeto.

Breno Barros, do Rio de Janeiro
Foto: Rio2016 / alexferro.com.br
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: