Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

25/10/2011 às 01h48 - VÍDEO: Brasil fica com a prata no handebol masculino e adia sonho olímpico  

Pelo terceiro Pan consecutivo, as equipes do Brasil e da Argentina se enfrentaram na final do handebol masculino, na noite desta segunda-feira (24.10), valendo não só a medalha de ouro, mas a vaga para os Jogos Olímpicos de Londres 2012. Em Santo Domingo e no Rio de Janeiro, a seleção nacional ganhou o ouro. Agora, em Guadalajara, foi a vez dos argentinos, no confronto que terminou em 26 a 23.

“Temos que levantar a cabeça porque trabalhamos muito para chegar aqui no México. Não soubemos jogar em determinado momento da partida e isso foi crucial”, disse o goleiro Marcos Paulo.

Com a derrota, a seleção brasileira buscará a classificação para os Jogos de Londres no pré-olímpico masculino de handebol, em março, contra equipes fortes da Europa. “Vamos trabalhar para conquistar a vaga. Nada é impossível. Temos que acreditar sempre. A vaga olímpica ainda é um sonho, que deveria ter se concretizado hoje”, completou Marcos Paulo.

A rivalidade estava presente no Ginásio San Rafael, principalmente no comportamento das duas torcidas, que gritavam a cada gol ou lance perdido pelas equipes. O goleiro argentino Matias Schulz fez a diferença, principalmente nos minutos finais. Ele foi a grande muralha contra os ataques brasileiros.

No domingo (23.10), Brasil e Argentina já haviam se enfrentado na final do handebol feminino dos Jogos de Guadalajara. As brasileiras chegaram à medalha de ouro após vitória tranquila por 33 a 15 e garantiram a classificação para as Olimpíadas de Londres.

Bolsa-Atleta
Na seleção masculina de handebol, nove jogadores recebem o apoio financeiro do programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte: Maik Ferreira dos Santos, Fernando José Pacheco Filho, Fábio Rocha Chiuffa, Renato Tupan Ruy, Felipe Borges, Bruno Felipe Claudino de Santana, Henrique Selicani Teixeira, Vinícius Santos Teixeira e Gil Vicente.

Além do patrocínio direto por meio do Bolsa-Atleta, o Ministério do Esporte firmou convênio de R$ 12 milhões com a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), no primeiro semestre de 2011, para construir o Centro Nacional de Desenvolvimento do Handebol, em São Bernardo do Campo (SP).

O projeto é ambicioso: tornar o Brasil referência no handebol da América Latina. A escolha da cidade não foi por acaso. São Bernardo do Campo tem equipes de ponta e tradição no esporte. O centro de treinamento receberá a seleção principal e as categorias de base, além de inúmeros eventos, como acampamentos e clínicas de handebol.

Confira as notícias dos Jogos Pan-Americanos no site do Ministério do Esporte

Confira a reportagem em vídeo



Breno Barros, de Guadalajara
Foto: Washington Alves/Inovafoto/COB
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: