Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

17/10/2011 às 00h34 - Natação brasileira bate dois recordes pan-americanos e conquista três ouros no 2º dia  

Além dos gritos e dos aplausos da torcida, um som foi escutado diversas vezes no Centro Aquático Scotiabank, em Guadalajara, neste domingo (16.10). Hino Nacional de fundo e, no alto do pódio da natação, deu Brasil três vezes, com direito a uma dobradinha.

César Cielo temeu o efeito da altitude de 1.500m, mas mal se lembrou dela ao entrar na piscina para a disputa dos 100m livre. E só saiu de lá com o ouro e a quebra do recorde pan-americano, ao terminar a prova com o tempo de 47,84s. E um detalhe: o antigo recorde era dele mesmo.

O nadador mais rápido do mundo teve pouco menos de uma hora de descanso. Enquanto isso, acompanhou o telão mostrar a bandeirinha do Brasil e o nome “Felipe” duas vezes seguidas: Felipe Lima em segundo (1min00s99) e Felipe França em primeiro (1min00s34) na prova de 100m peito. Dobradinha que levou a torcida – brasileira e estrangeira – ao delírio.

Mas ainda havia mais. Para a alegria do público, Cielo retornou à piscina, desta vez acompanhado de Bruno Fratus, Nicholas Santos e Nicolas Oliveira. Era o revezamento 4 x 100m e a chance de encerrar a noite da forma mais dourada possível. E assim aconteceu: o Brasil liderou a prova do começo ao fim, bateu o recorde pan-americano (3min14s65) e deixou o segundo lugar para os norte-americanos. Uma daquelas noites inesquecíveis para os brasileiros e para todos que sorriram e vibraram em verde e amarelo.

Confira as notícias dos Jogos Pan-Americanos no site do Ministério do Esporte

Carol Delmazo, de Guadalajara
Foto: Sérgio Bites
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: