Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

02/09/2012 às 21h59 - Atletismo do Brasil conquista três ouros e uma prata nos Jogos Paralímpicos  

O Brasil ganhou neste domingo (02.09) mais quatro medalhas nos Jogos Paralímpicos Londres 2012. Todas no atletismo: Terezinha Guilhermina, Yohansson Nascimento e Alan Fonteles foram ouro e Jerusa Santos conquistou a prata. Os quatro atletas são bolsistas do Ministério do Esporte. Com o resultado, o Brasil fechou o dia na sétima colocação no quadro geral de medalhas, com sete ouros e 13 pódios no total.

As primeiras medalhas vieram nos 200m rasos classe T11 (perda total da visão), com a dobradinha de Terezinha Guilhermina, que foi ouro com o tempo de 24s82 – novo recorde paralímpico – e Jerusa Santos, que cravou 26s32 e garantiu a prata. A brasileira Jhulia Santos, que terminou em quarto lugar, foi beneficiada, logo após a prova, por suposta irregularidade do atleta-guia da chinesa Juntingxian Jia, e chegou a festejar o bronze. No entanto, o Comitê Paralímpico Chinês entrou com recurso e conseguiu confirmar a terceira colocação para Jia.

A recordista mundial Terezinha Guilhermina disputa em Londres sua terceira Paralimpíada. Terezinha nasceu com retinose pigmentar, uma doença congênita que provoca perda gradual da visão. Seu início no esporte foi por meio da natação. Em 2000, sua irmã lhe deu o primeiro par de tênis e, desde então, não parou de correr. Atualmente é recordista mundial nos 100m, 200m e 400m Classe T11.

A medalhista de prata Jerusa Santos destacou seu esforço e a emoção de estar em um pódio paralímpico. A atleta nasceu com catarata congênita e, aos 8 anos, descobriu que tinha glaucoma. Com 18 anos de idade perdeu a visão por completo e, no ano seguinte, descobriu o atletismo. "Essa medalha de prata é tudo para mim. É muito emocionante e só tenho a agradecer a todos que torceram por mim", completou.

Homens
Alan Fonteles foi um dos destaques do dia e conquistou o ouro ao vencer Oscar Pistorius nos 200m classe T44. Após polêmicas sobre tamanhos das próteses, Fonteles deu uma arrancada espetacular nos últimos 30 metros e ultrapassou o sul-africano.

Outro que teve grande atuação nas pistas de Londres foi Yohansson Nascimento, que, além do ouro com recorde mundial nos 200m T45, aproveitou a ocasião para pedir sua namorada em casamento.

Leia mais:

Alan Fonteles faz história no atletismo durante Jogos Paralímpicos

Yohansson Nascimento ganha ouro e pede namorada em casamento


Clique neste link e confira reportagem em vídeo da TV NBR


Confira o hotsite dos Jogos Paralímpicos Londres 2012

Rafael Brais, de Londres
Foto: Fernando Maia/CPB

Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: