Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

12/08/2012 às 15h00 - Yane Marques conquista medalha histórica para o pentatlo moderno do Brasil  

A brasileira Yane Marques conquistou, neste domingo (12.08), a medalha de bronze no pentatlo moderno feminino dos Jogos Olímpicos de Londres, a primeira da história do pentatlo brasileiro em olimpíadas. O esporte é formado por cinco modalidades: esgrima, natação, hipismo, tiro e corrida. Beneficiada pelo programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte, Yane obteve pontuação geral de 5.340 pontos. A medalha de ouro ficou com a lituana Laura Asadauskaite (5.408 pontos) e a prata com a britânica Samantha Murray (5.356). Com o resultado, ela garantiu a 17ª medalha do Brasil em Londres, completando a participação nacional.

Terceira colocada do ranking mundial da União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) - melhor resultado de uma pentatleta sul-americana na história da modalidade -, Yane, de 28 anos, nasceu em Afogados de Ingazeira (PE) e atualmente mora em Recife. Ela integra as equipes da Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno em Pernambuco Salesiano/Powerade e da Comissão de Desportos do Exército no Rio de Janeiro (CDE-RJ), com a patente de Terceiro Sargento.

Carreira
A nordestina é considerada o maior nome do pentatlo moderno brasileiro de todos os tempos. Praticante da natação, foi convidada para integrar a equipe pernambucana de pentatletas em 2003. De lá para cá, a carreira deu consecutivos saltos progressivos. Nos primeiros Jogos Pan-Americanos de que participou, no Rio 2007, surpreendeu ao conquistar a medalha de ouro para o Brasil. O título garantiu sua ida aos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, onde ficou em 18º lugar.

Títulos como o tricampeonato pan-americano e o pentacampeonato sul-americano fizeram com que a pernambucana fosse convidada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) para integrar o Time Brasil, grupo de atletas brasileiros considerados de ponta pelo comitê.

Na temporada pré-olímpica, Yane participou de três das quatro etapas da Copa do Mundo, da final do torneio, onde conquistou o bronze, em maio, na China, do Mundial, e do Campeonato Francês, onde se sagrou campeã, em julho. A pernambucana também fez um acampamento de treino de dez dias para dar ênfase à esgrima em Portland, no estado de Oregon, nos Estados Unidos.

Prêmio
Nos Jogos Mundiais Militares de 2011, ajudou o país a conseguir sua melhor participação em um Mundial Militar. Subiu em todos os pódios que competiu, conquistando três medalhas: ouro por equipes e prata individual, na disputa feminina, e bronze no revezamento misto. No final de 2011, conquistou o sétimo Prêmio Brasil Olímpico de Pentatlo Moderno consecutivo (2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2011).

Em seus nove anos como pentatleta, Yane acumula o ouro no Pan do Rio (2007), a prata em Guadalajara (2011), um vice-campeonato na Final da Copa do Mundo (2009), um vice-campeonato nos Jogos Mundiais Militares (2011), duas medalhas no Mundial Militar da categoria – um ouro (2007) e uma prata (2007) –, o tricampeonato pan-americano da categoria (2007, 2009 e 2010), um Campeonato Norceca (2009), seis medalhadas sul-americanas – sendo um pentacampeonato (2004, 2005, 2006, 2007, 2008 e 2009) e uma prata (2007) –, além das conquistas deste ano.

Confira o hotsite sobre os Jogos Olímpicos Londres 2012

Sueli Scutti
Foto: Valterci Santos/AGIF/COB
Ascom – Ministério do Esporte
 
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: