Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

04/08/2012 às 15h15 - Exposição em Londres mostra o Rio em 3D e leva torcedores para dentro de jogo  

Coloque óculos especiais e embarque numa viagem em 3D pelas praias do Rio de Janeiro e pela escola de samba da Mangueira. Esse é um dos convites que os pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) fazem durante a exposição Brazil at Heart (Brasil no Coração), na embaixada do país em Londres.

Os aplicativos visuais avançados (Advanced Visual Apps) levaram o Rio de Janeiro para o mundo virtual numa resolução incrível, com o filme StereoEssays, produzido pela Universidade Mackenzie e financiado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), do Ministério de Ciência e Tecnologia. A tecnologia usada no longa-metragem permite ainda a exibição de filmes em altíssima resolução, em tempo real.

Além da pesquisa no cinema, o grupo da UFPB desenvolveu o aplicativo NetFans, que é uma oportunidade para os fãs de esportes participarem das cometições mesmo não estando no local. Por meio da ferramenta, as pessoas podem projetar suas imagens dentro da partida, baixando fotos que são colocadas numa grande tela no local do evento.

As ideias foram aprovadas pelo público e podem gerar negócios, garante o pesquisador Lucenildo de Aquino Júnior: "Falando em mercado e parcerias, tivemos alguns visitantes bem interessantes, entre eles um fabricante de projetores belga que não tem a tecnologia para tocar, mas faz o projetor. Eles já entraram em contato para fazermos parcerias para a Copa de 2014. Estamos tendo um retorno bem positivo", comemora Aquino Júnior, mestrando da UFPB.

João Leiva, consultor na área de cultura e esporte para empresas, fundações e institutos, confirma as boas expectativas do aluno: "O projeto é bem interessante. Estou em Londres há duas semanas e fui a vários seminários e eventos. Uma das coisas que mais tem se discutido aqui é a questão do uso de tecnologia."

Redes sociais
Segundo Leiva, esta é a Olimpíada das redes sociais, que no Rio de Janeiro estarão ainda mais fortes. Por isso, é importante identificar o impacto delas. Ele também destacou a importância da parceria entre os setores público e privado. "A gente viu aqui que é fundamental o poder público e a iniciativa privada estarem alinhados. Se não houver isso, não vai dar certo no Brasil."

O projeto da UFPB reúne mais de 20 pessoas, orientadas pelo professor Guido de Souza Filho. Em Londres, a equipe está representada pelos alunos José Ivan Vilarouca Filho e Lucenildo de Aquino Júnior, que ficam no estande da exposição para receber os visitantes e explicar a nova tecnologia.

Exposição
A Brazil at Heart, que ficará aberta ao público até 2 de setembro, destaca a capacidade do Brasil em sediar megaeventos, com produtos e serviços inovadores, além do crescente potencial turístico. A iniciativa, que promove a imagem do país durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Londres 2012, é uma ação dos ministérios do Esporte, das Relações Exteriores e do Turismo, do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Lilian Amaral, de Londres
Foto: Lilian Amaral
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: